Porchat critica Danilo Gentili após condenação e causa discussão nas redes sociais

Redação Vida e Estilo
(Foto: Reprodução/Record)
(Foto: Reprodução/Record)

A condenação de Danilo Gentili pelo crime de injúria praticado contra a deputada federal Maria do Rosário Nunes (PT-RS) continua rendendo nas redes sociais. Após o apresentador do SBT ironizar o que aconteceu e o presidente Jair Bolsonaro sair em sua defesa, quem resolveu falar sobre o assunto foi o humorista Fábio Porchat, que concorria com Gentili quando tinha seu talk show na Record.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

No Twitter, o humorista criticou o vídeo que Danilo fez em 2017, em que aparece esfregando a notificação extrajudicial de processo movido pela deputada em suas partes íntimas. Na época, Gentili havia sido processado por chamar a política de “nojenta”, “cínica” e “falsa”.

“Acho que o vídeo do Danilo Gentili é de péssimo gosto, agressivo, desrespeitoso, infantil, sem graça, desnecessário, equivocado”, escreveu Porchat. “Mas daí ele ser preso por mandar uma pessoa enfiar um papel no c*, acho bastante autoritário e arbitrário, perigoso inclusive”, avaliou.

Leia mais: Condenado, Gentili pede ajuda a Sérgio Moro

O apresentador do SBT, no entanto, ficou incomodado com as críticas. “A censura que estava no envelope, achou o que dela? Ignorarem o autoritarismo do envelope e pesar apenas na minha ‘atitude infantil, sem graça, equivocada’, achou o que disso? Eu deveria ter demonstrado respeito com o envelope? O exagero todo foi apenas minha atitude e a sentença?”, questionou.

Porchat não deixou Gentili sem resposta e explicou como interpretou a ação dele, justificando o direito de Maria do Rosário em recorrer à Justiça. “Acho que quando se parte para ignorância corre-se o risco de perder a razão. Ou no mínimo, aliados. Ela está no direito dela, se sentiu ofendida. E foi. Apesar de achar as suas palavras à ela péssimas, acho que você tem o direito de dizê-las e ser condenado à prisão, um exagero”, finalizou.

Leia mais: Anitta faz desabafo sobre bissexualidade

Quem também aproveitou a deixa para opinar sobre o assunto foi Rafinha Bastos, que já tem um processo no currículo por fazer uma piada com o filho de Wanessa Camargo na época do “CQC”. ““Cara… todos nós já fizemos piadas boas e ruins. Um colega não pode virar juiz da piada do outro. O que importa agora é que um colega está tendo a sua liberdade ameaçada. Simples assim”, disse.

No fim da discussão, após receber muitas críticas, Porchat lamentou o fato de os ânimos estarem tão exaltados nas redes sociais. “Consegui desagradar quem gosta do Danilo Gentili e quem não gosta”, escreveu.