Por que tomar um pouco de sol nos faz sentir tão bem?

Há muitos benefícios em tomar um pouco de sol [Foto: Getty]

Por Marie Claire Dorking

Nessa época, no ano passado, o Reino Unido estava lutando contra a Besta do Oriente, um fenômeno meteorológico que traz um tempo de extrema neve vindo da Rússia. Agora, no entanto, a região tem passado pelo clima mais quente já registrado durante o mês de fevereiro.

Receba no seu Whatsapp as novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais)

Enquanto a chegada do sol é uma boa desculpa para tirar as roupas de meia estação do guarda-roupa, também é excelente para a nossa saúde – tanto física como mental.

Um estudo recente descobriu que pouca exposição ao sol traz alguns riscos significativos à saúde, semelhante ao tabagismo, obesidade e sedentarismo.

E outra pesquisa afirmou que a luz do sol ajuda a melhorar o processo de envelhecimento e a saúde cardiovascular.

Essas vantagens se dão, em boa parte, por causa do modo como a luz do sol estimula a produção de vitamina D, algo crucial para uma boa saúde.

“A radiação UVB da luz solar faz com que a vitamina D seja sintetizada na pele”, explica Keeley Berry, executiva da BetterYou, especialista em Nutrição. “Manter os níveis de vitamina D em alta é importante, pois essa vitamina ativa os genes que regulam o sistema imunológico e liberam neurotransmissores como a serotonina”.

“A serotonina afeta múltiplas funções do corpo humano, incluindo as emoções, habilidades motoras, o sono e a fome. Mudanças nos níveis de serotonina são relacionadas a alguns distúrbios de humor e do sono”, acrescenta a especialista.

E há ainda muitos outros benefícios associados ao sol.

Exposição ao sol regula o humor e aumenta o foco

“A exposição à luz do sol é frequentemente tida como ferramenta para aumentar os níveis de serotonina que ajudam a combater o mau humor”, diz Keeley.

Também conhecido como “hormônio da felicidade”, a serotonina também pode ajudá-lo a se sentir calmo e alerta. “Durante os meses mais escuros do inverno, a falta de luz pode afetar nossos níveis de serotonina”, explica a nutricionista Lily Soutter. “Isso pode ser particularmente problemático para quem sofre de transtorno afetivo sazonal (um distúrbio do humor que acontece sempre na mesma época) e é por isso que as pessoas diagnosticadas com esse transtorno podem se beneficiar muito usando uma caixa de luz que imita a luz natural do sol.”

Por que o sol é tão bom para nós [Foto: Getty]

Melhora o sono

Você tem dormido melhor recentemente? Tudo graças ao tempo ensolarado. “A luz do sol pode realmente ajudar a melhorar o sono, o que nos faz sentir mais felizes”, explica Lily. “Nosso corpo tem um relógio natural, que é chamado de ritmo circadiano, e nós produzimos hormônios que sinalizam para o nosso corpo quando é hora de dormir.”

“A exposição à luz solar natural pode ajudar a manter o ritmo circadiano estável e isso melhora a qualidade e a duração do sono à noite. Um estudo revelou que a exposição à luz do dia reduz em 83% o tempo que os insones demoram pra conseguir pegar no sono”.

Ajuda a saúde dos ossos

A vitamina D é necessária para a saúde óssea, sendo que a falta dessa vitamina é atualmente associada a uma variedade de doenças ósseas, como raquitismo e osteoporose. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), pegar sol de 5 a 15 minutos por dia nos braços, mãos e rosto, duas ou três vezes por semana, é o suficiente para aumentar a vitamina D.

Ajuda na perda de peso

Você está tentando se livrar de uns quilos extras? Pegue um pouco de sol durante a manhã! Pesquisas revelam que se expor ao sol no início da manhã, pode reduzir gordura corporal. O estudo sugere que 20 a 30 minutos de exposição ao sol matinal é suficiente para ajudar a reduzir o seu Índice de Massa Corporal (IMC).

Por que o sol é tão bom para nós [Foto: Getty]

Ajuda a melhorar o seu sistema imunológico

A exposição solar de forma regular é uma das melhores maneiras de elevar os níveis de Vitamina D no corpo, o que também ajuda a fortalecer o sistema imunológico. Além disso, a luz solar também pode aumentar o número de células que trabalham para debelar infecções na pele, o que também ajuda a combater certas doenças.

Um estudo recente, publicado na revista Scientific Reports, sugeriu que a pele, o maior órgão do corpo, usa tais células para se livrar de micróbios bacterianos na superfície.

O professor Gerard Ahern, que coordena o estudo na Universidade de Georgetown, em Washington, disse: “Sabemos que a luz solar é uma excelente fonte de vitamina D, que tem um grande impacto na imunidade, entre outras coisas. Mas descobrimos nesse estudo que a luz solar também exerce um outro papel na imunidade. Alguns dos efeitos que atribuímos à vitamina D na imunidade podem ser graças a esse papel da luz solar que observamos”.

Os pesquisadores descobriram que baixos níveis de luz azul, encontrados nos raios solares, fazem com que as células T, aquelas que combatem doenças, trabalhem mais rápido.