Ter uma vida sexual satisfatória aumenta o vínculo do casal; entenda

Foto: Vasyl Dolmatov/iStock

Por Pilar Tapia

Depois de ter uma relação sexual incrível com o parceiro, é normal se sentir mais apaixonado do que de costume, com a necessidade de abraçar e acariciar o outro, além de perder a vontade de discutir e iniciar conflitos. É como estar em uma bolha temporária de amor, sabe?

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Há várias razões científicas que explicam que, após termos relações sexuais com o parceiro (principalmente se forem satisfatórias) sentimos uma proximidade maior com o outro.

Leia também

O hormônio do amor

A ocitocina reduz o estresse e aumenta a sensação de confiança. Ela também está associada a sentimentos de amor, desejo sexual e ao vínculo entre casais, conforme Madeleine A. Fugère, autora de ‘The Social Psychology of Attraction and Romantic Relationships’ (A psicologia social da atração e dos relacionamentos românticos, em tradução livre), explicou ao ‘Psychology Today’.

“Quando você está se tornando íntimo com alguém, libera dopamina e ocitocina, que criam um vínculo entre os sistemas neuronais que processam seus traços faciais, voz e sistema de recompensa no cérebro do seu parceiro,” explicou Larry Young, professor de psiquiatria da Universidade de Emory, em Atlanta, Estados Unidos, ao ‘WebMD’.

À medida que o tempo passa e os casais se tornam menos íntimos, esse vínculo perde força. No entanto, as atividades que liberam ocitocina, como olhar nos olhos, dar as mãos, beijar e ter relações sexuais, podem ajudar a restabelecer a conexão, segundo o especialista.

Além disso, a atividade sexual estimula a liberação de ocitocina - hormônio importante na ereção masculina e no orgasmo.

Confissões pós-sexo

É muito comum que, após uma boa relação sexual, os casais fiquem conversando e abordando temas profundos. Isso, segundo Madeleine A. Fugère, está associado a uma maior proximidade e satisfação na relação.

A especialista citou um estudo que demonstrou que as mulheres que alcançavam o orgasmo se envolviam mais em conversas pós-sexo e também tendiam a dizer coisas mais positivas sobre seus relacionamentos.

Brilho nos olhos

São muitos os que, após uma boa relação sexual, ficam com uma aparência radiante. Esse brilho pós-sexo pode contribuir para aumentar ainda mais a proximidade na relação, segundo um estudo de 2017 publicado na ‘Psychological Science’. A pesquisa mostrou que, para muitos, este ‘brilho’ pode chegar a durar 48 horas.

“As pessoas com um resplendor sexual mais intenso, ou seja, que relataram ter um nível mais alto de satisfação sexual 48 horas após o sexo, informaram melhoria no relacionamento vários meses depois. Portanto, o sexo funcionaria para manter os casais unidos,” esclareceu uma das pesquisadoras do estudo, Andrea Meltzer.

Como você pode ver, ter uma boa vida sexual aumenta a proximidade com o outro, o que ajuda a fazer com que o vínculo do casal prospere e se reafirme cada vez mais.