Por que o incesto em ''A Casa do Dragão' é tão comum desde 'Game of Thrones'?

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em seu terceiro episódio, que vai ao ar na noite deste domingo (4), "A Casa do Dragão", ou "House of the Dragon", passa boa parte do tempo falando sobre a solteirice da princesa Rhaenyra Targaryen. Depois de ser apontada como herdeira do Trono de Ferro, há vários homens interessados em desposá-la, como o rei Viserys deixa claro.

Uma das sugestões de pretendentes feitas a ele, no entanto, lhe causa espanto, embora não pelos motivos que os espectadores esperavam. Um confidente da corte, então, diz que uma boa opção de marido para Rhaenyra seria seu próprio irmão, Aegon.

Viserys fica visivelmente desconfortável com a ideia, não pelos laços de sangue que os unem, mas pela tenra idade do filho, de apenas dois anos. Isso porque para os Targaryen o incesto não é um tabu.

Já em "Game of Thrones", George R. R. Martin deixou bem claro que em seu universo de fantasia vários temas delicados da nossa sociedade eram interpretados de forma diferente. Um deles é justamente o matrimônio e as relações sexuais entre parentes.

Dois dos principais personagens da série original, Cersei e Jamie Lannister, mantiveram um relacionamento por praticamente todas as oito temporadas da trama, e chegarem a ser pais de três crianças.

Para os Lannister e a maiorias das casas de Westeros, no entanto, o incesto não é bem visto. "Nós não nos preocupamos com um pouco de sodomia, mas irmão e irmã? De onde eu venho essa seria uma mancha difícil de limpar", chegou a dizer Olenna Tyrell a Tywin Lannister, pai de Cersei e Jamie, num episódio.

Já para os Targaryen, no entanto, o incesto é como uma tradição, fundada para preservar a dita pureza de seu sangue e também seu controle sob dragões. A crença é de que tal poder vem justamente de uma predisposição genética, reforçada pelos casamentos entre irmãos ou outros parentes. Os séculos de casamentos do tipo, inclusive, ajudariam a explicar a insanidade de vários membros da família.

Entre os casos famosos de incesto no universo criado por Martin estão o de Aenys e Maegor, filhos de Aegon, o Conquistador, responsável por fundar a casa Targaryen. Aerys 2º, o Rei Louco, também desposou a própria irmã, Rhaella. A própria Daenerys Targaryen, portanto, é fruto de uma relação incestuosa.