"BBB 22": Por que o Brasil está com ranço de Tiago Abravanel?

·3 min de leitura
Tiago Abravanel está no camarote do
Tiago Abravanel está no camarote do "BBB 22" (Foto: Divulgação)

O ranço do público por Tiago Abravanel no "BBB 22" está cada vez maior. Já são muitas as piadas envolvendo o neto de Silvio Santos. A torcida para que ele caia em um paredão não para de crescer. O que ele fez para despertar tanta raiva em quem assiste ao reality show da Globo?

Forçado e palestrinha

Para entender a repercussão negativa é preciso voltar para a estreia do programa. Muitos já reviraram os olhos assim que Tiago pisou na casa mais vigiada do Brasil. A reação do artista ao passar pela porta não convenceu e pareceu muito forçada.

Depois, a antipatia do público foi crescendo com os conselhos longos de Tiago para todos os brothers que contavam algo para ele. Abravanel parecia se sentir o dono da razão e até mesmo no comando de uma eterna sessão de terapia. Palestrinha foi um apelido que ele ganhou logo de cara.

"BBB" do amor, aceitação e gratidão

Após a primeira formação de paredão, Naiara Azevedo ameaçou sair do programa. Foi aí que Tiago começou com um discurso que fez até quem gostava dele sentir raiva. O brother passou a defender o "BBB do amor", definiu a edição como a "temporada da aceitação" e repetiu incontáveis vezes a importância de "criar relações" dentro do jogo.

Na terça-feira (1), ele ainda demonstrou não ter conhecimento da principal referência para o formato do reality show criado pela produtora holandesa Endemol: o famoso livro "1984", de George Orwell.

Tiago parou para refletir sobre o significado do nome do programa e acabou se perdendo. "Isso aqui é um jogo de relacionamento. Não é à toa que o programa se chama 'Big Brother': quem você vai escolher pra ser o grande irmão? Quem você escolhe?", declarou o artista.

A interpretação de Abravanel está bem distante da inspiração para o título do reality show. Baseado na obra literária do inglês Orwell, publicada em 1949 como metáfora ao totalitarismo da época, o "Big Brother" surge como a figura do Grande Irmão, retratado como o soberano que tem controle da sociedade.

Amigo da onça

Tiago Abravanel e Naiara Azevedo eram amigos antes do programa, mas o ator investiu mais em outras relações e não deu a atenção que ela esperava dentro do jogo. Em conversas com outros participantes, o neto de Silvio Santos chegou a dizer que se preocupava com a entrada dela, pois sabia que a cantora não estava preparada para viver a experiência.

Tiago ganhou a liderança, mas não levou Naiara para o VIP nem para o cinema. Nesta segunda-feira (31), Naiara ganhou mais motivos para se afastar dele. O artista a citou no jogo da discórdia como alguém que deve se comprometer mais. A cantora acredita que se ele fosse amigo de verdade não teria exposto esse pensamento na frente de todos para prejudicá-la.

Muitos acreditam que Tiago não se aproximou tanto de Naiara por saber que a cantora entrou "cancelada" no reality show da Globo. A atitude dele tem sido vista como uma "traição".

Só quer saber dos camarotes

Embora Tiago tenha levado Laís e Eslovênia para o cinema do líder, o ator tem investido mais nas relações com os participantes que já eram famosos antes do programa. O VIP dele foi composto apenas por integrantes do camarote. Ele também indicou Rodrigo, que era da Pipoca, ao paredão.

Em uma conversa com Natália e Jessilane, o ator ainda se mostrou fora da realidade ao ficar chocado que um tênis de R$ 150 seja considerado caro para elas. Tiago fez um discurso sobre a importância de ser criativo mesmo com pouco. Jura?