Por que já não se pode dormir até o meio dia, como na adolescência?

Quando éramos adolescentes, dormíamos até a hora que queríamos, especialmente depois de uma noitada. Com o passar dos anos, é mais difícil acordar tarde, mesmo quando vamos dormir de madrugada. Será que os adultos precisam de menos sono do que as crianças e adolescentes? O que acontece com o sono dos adultos? Leia e descubra.

Com a idade, os padrões de sono se modificam. Foto: Pete Barrett / Getty Images

Assim com os cabelos embranquecem e a vista encurta à medida que os anos avançam, o sono se faz mais frágil, mesmo em idosos saudáveis.

Sem dúvida, é uma mal entendido comum que a quantidade de sono precisa diminuir com a idade. Na verdade, os pesquisadores demonstram que o sono precisa permanecer constante na idade madura, de acordo com a Fundação Nacional do Sono dos EUA.

Como o passar do tempo afeta o sono?

Através do site da Biblioteca Nacional de Medicina dos EUA, MedlinePlus, a maioria das pessoas acredita que no processo de envelhecimento acontece os seguintes fatores:

. Elas têm mais dificuldades de conciliar o sono

. Acordam mais frequentemente durante a noite e levantam mais cedo de manhã.

. O tempo total de sono se mantém, ou reduz (6 horas e meia a 7 horas por noite)

. A transição entre o sono e o despertar é sempre mais abrupto, o que faz com que as pessoas sintam que têm um sono “mais leve” do que quando eram jovens.

. Passam mais tempo dormindo profundamente, sem sonhar.

. Despertam em média 3 a 4 vezes por noite porque passam menos tempo em sono profundo, ou para fazer xixi, ou por ansiedade, algum incômodo ou dor de enfermidades crônicas.

Dormimos menos e pior, mas não há nada para se preocupar.

Ana Adán, doutora em Psicobiologia da Universidade de Barcelona, explicou ao site Verne que não devemos nos preocupar com as mudanças na rotina do sono. “O limiar do sono diminui, passamos menos tempo na fase do sono REM, e mais tempo em fases mais rápidas, porque os barulhos nos atrapalham.”

Além disso, é mais custoso voltar a dormir, por isso devemos tomar cuidado com acender as luzes por exemplo, “já que isso envia ao cérebro um sinal de que o dia está clareando.”

Dra. Ana disse também que não se fala mais em quantidades obrigatórias de horas de sono, mas sim do que cada organismo necessita. Um desportista pode necessitar de 10 ou 11 horas de sono, enquanto alguém com uma vida mais sedentária estará bem com 7 horas de sono.

Diante de qualquer dúvida, consulte um médico.

E você, quantas horas a menos hoje você dorme, comparado com sua adolescência?

Yahoo Vida e Estilo

Texto: Carmen Murtagh