Excesso de ereção pode deixar homens com "bolas azuis"

·2 minuto de leitura
Hand hold blue balloon. Party or present concept. Blue Balloon and hand isolated on white background.

Talvez você já tenha ouvido de seu parceiro: “você está me deixando de bolas azuis”. E isso com certeza deve ter te intrigado sobre o assunto.

Ou você pode ser essa pessoa que tenha passado por isso e está tentando desvendar o ocorrido.

Leia também:

O que são bolas azuis?

No termo médico é chamado hipertensão do epidídimo, mas é popularmente conhecida como “bolas azuis”.

Não imagine o saco escrotal no tom dos personagens Smurfs – na paleta de cores o tom está mais para o “levemente azulado”. Fica assim por causa dos fluídos acumulados por ali no processo de excitação.

Como elas acontecem?

Enquanto o tesão toma conta do corpo masculino, o cérebro excitado ativa uma série de sistemas para provocar a ereção e preparar a ejaculação. Tanto o pênis quanto os testículos recebem um fluxo sanguíneo maior do que o normal, ambos vão inchando e aumentando de tamanho/volume. É aquela sensação latejante, mas prazerosa.

Quando o cidadão goza, esse hiperfluxo diminui e toda a musculatura da região relaxa, inclusive as vesículas seminais, uma das responsáveis pela produção de sêmen. Rola alívio e muitas vezes até sono. Sem problemas, é preciso recuperar tantas energias gastas no sexo (mesmo que não tenha sido malabarístico). Daí a vida segue leve e linda.

Porém, caso a ereção tenha sido prolongada, sem ejaculação/orgasmo, o sangue e outros fluidos continuam bombando. Cresce a pressão nos testículos e na próstata. E a musculatura cansa, parecido de quando você pega pesado na academia.

Large huge bright soap bubbles against the background of the sky and trees. Soap bubbles show. Summer children's active leisure.
Por que homens podem ter “bolas azuis” (Reprodução: Getty Creative)

Qual melhor forma de se livrar delas?

O único jeito é liberar literalmente essa tensão sexual reprimida. Ou seja, gozando. Talvez seja mais fácil e rápido na masturbação do que na transa em si. Se a dor nos testículos não passar depois que você ejacular, procure um médico. Pode ser sintoma de varicocele ou outros problemas sérios de saúde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos