Por que Anitta e Pabllo Vittar fizeram história no Coachella

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·4 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Anitta e Pabllo Vittar: elas fizeram história no Coachella 2022 (Fotos: Getty Images)
Anitta e Pabllo Vittar: elas fizeram história no Coachella 2022 (Fotos: Getty Images)

Resumo da notícia:

  • Anitta e Pabllo Vittar fizeram história no Coachella no último fim de semana

  • Enquanto Anitta relembrou a história do funk, Pabllo se tornou a primeira drag queen da história do festival

  • Nas redes sociais, o Coachella virou "Anichella"

Anitta e Pabllo Vittar, talvez as duas maiores artistas do pop brasileiro na atualidade, mostraram no fim de semana que já são patrimônios do mundo. Com apresentações marcantes e históricas no festival Coachella, realizado na Califórnia, nos Estados Unidos, as cantoras mostraram o poder da música latina e ainda enalteceram ritmos e grupos sociais alvos de preconceito dentro do nosso país.

Tudo começou na sexta-feira (15). Com cenário de favela ao fundo, Anitta chegou ao palco de Palm Springs em cima de uma moto e arrebatou o público com praticamente uma história cantada e dançada do funk. Não demorou muito para que as redes sociais fossem tomadas pelo termo "Anichella". A antiga MC Larissa fez do maior festival do mundo a casa dela.

Não faltou nada na apresentação de Anitta. Logo de cara ela chegou ao palco com ninguém menos que Snoop Dogg, rapper presente na faixa "Onda Diferente". Com a ajuda também de Saweetie e Diplo, a cantora apresentou todos os seus hits, incluindo a recente "Envolver", e ainda um medley que uniu “Mas que Nada”, “Rap das Armas” e “Magalenha”.

Ao misturar Jorge Ben, Cidinho & Doca e Sérgio Mendes, respectivamente, Anitta, aliás, deu uma aula de história musical do Brasil, sem perder a própria identidade. Ela cantou, dançou bem e ainda tirou o fôlego do público com o inesperado "Movimento da sanfoninha" (2014). Até antigos desafetos, como Ludmilla, reconheceram que o show foi uma vitória para o seu povo natal.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

A imprensa internacional também fez muitos elogios aos 45 minutos de show de Anitta. A Variety disse que ela impressionou o público com um setlist "selvagem e sexy", enquanto o Vulture destacou o espetáculo visual no palco, citando “as cores vívidas, os cenários elaborados e a coreografia fantástica”.

O Los Angeles Times, por fim, destacou as coreografias e também a preparação de Anitta para dialogar com diferentes públicos. “Com o apoio de um baile funk/banda de rock por uma banda de baile funk-rock e um cenário intrincado feito para parecer uma favela, ela desfilou seus sucessos - em três idiomas, nada menos!", diz a crítica. Quem duvidava da relevância da cantora no exterior ficou sem argumentos.

Primeira drag queen no Coachella

Depois de Anitta, Pabllo Vittar também fez história no sábado (16). Ela foi a primeira drag queen a se apresentar na história do festival. A brasileira não conteve o choro ao agradecer ao festival pela oportunidade. “Muito obrigada Coachella por me fazer a primeira drag queen a performar no festival. Esta noite vamos fazer história”, prometeu.

Num cenário bastante iluminado, com muitas projeções, Pabllo Vittar apresentou todos os seus hits, como Tímida, Amor de Que, Rajadão e K.O. Como nenhuma vitória deste nível é individual, ela fez questão de gritar antes de "Sua Cara": “Anitta, I love you!”. Naquela altura, ao menos para o público brasileiro na internet, o festival já se chamava "Anichella". Confira abaixo um pouco da repercussão do Coachella.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos