Por que ainda sentimos a necessidade de pedir desculpas quando choramos?

Por que ainda sentimos a necessidade de pedir desculpas quando choramos? [Foto: Getty]

Não importa se o motivo foi um dia particularmente estressante no trabalho, que culminou em lágrimas de frustração, ou se foi uma conversa sincera com uma amiga que desencadeou uma crise de choro – o fato é que chorar na frente de alguém, vem acompanhado por um pedido de desculpas.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Um exemplo recente foi o caso de Michael Palin.Durante uma entrevista emocionante na televisão sobre seu amigo Terry Jones, que faleceu em janeiro, aos 77 anos, após uma longa batalha contra a demência, Palin começou a chorar e pediu desculpas por isso.

"Nós fomos inseparáveis por muitos, muitos anos”.

Michael Palin, estrela do Monty Python, fez um tributo emocionante a Terry Jones, que faleceu aos 77 anos, e o classificou como “um dos artistas mais engraçados da sua geração”.

Por que ele sentiu a necessidade de se desculpar? Chorar é uma parte absolutamente normal da vida, algo que todos nós fazemos, principalmente quando estamos tristes por causa da morte de um amigo. Então, por que pedir desculpas?

De acordo com Natasha Bray, coach da Rapid Transformation e especialista em psicologia, precisamos voltar à nossa infância para entender por que sentimos a necessidade de pedir desculpas por chorar.

“Quando uma criança chora, ela ouve que deve se comportar como uma ‘mocinha’ ou um ‘homenzinho’, e é incentivada a parar de chorar,” explica. “As crianças podem até ouvir gritos e repreensões por chorar, se seus pais ou os adultos responsáveis estiverem com dificuldade para lidar com a situação, já que nenhum pai é perfeito”.

Bray explica que as coisas ficam ainda mais confusas porque geralmente recebemos elogios ou um tratamento melhor quando paramos de chorar.

“Nós aprendemos, desde pequenos, que não é permitido chorar, e a ausência do choro é recompensada, o que significa que a nossa mente desenvolve crenças como ‘Não é seguro chorar’ e ‘Chorar é uma fraqueza’”.

“Assim, associamos o choro a um comportamento ‘errado’, e essas crenças que desenvolvemos quando crianças ainda nos influenciam na vida adulta, motivo pelo qual sentimos a necessidade de pedir desculpas por chorar”.

Os homens, em particular, ainda sentem a necessidade de pedir desculpas quando choram. [Foto: Getty]

O Dr. Earim Chaudry, diretor médico do Manual, acredita que os homens, em particular, sentem a necessidade de acompanhar suas lágrimas com um pedido de desculpas e explicações.

“Desde muito pequenos, os meninos aprendem que as lágrimas são um sinal de fracasso e da inabilidade de gerenciar suas próprias emoções,” ele explica.

“A construção da masculinidade na sociedade é composta por estoicismo, controle e ausência de lágrimas. Falando de forma mais ampla, os homens não devem demonstrar sinais de fraqueza, fragilidade e, ainda mais importante, nunca devem derramar uma lágrima, já que isso não é visto como ‘viril’”.

O principal problema, de acordo com o Dr. Chaudry, é que o choro ainda é visto como uma forma de fraqueza, principalmente entre os homens.

“Os homens aprenderam que chorar significa que você baixou a sua guarda emocional e mostrou que também tem fraquezas,” disse ele.“Quando ouvimos a palavra ‘fraqueza’, associamos ao fracasso e a uma lista infinita de conotações negativas”.

No entanto, chorar é um sinal de outro traço de personalidade.“Ironicamente, as lágrimas também mostram aos outros que estamos vulneráveis, e a vulnerabilidade é fundamental para a conexão humana. Então, o aspecto que permite a criação de vínculos com os outros e que expressa uma vulnerabilidade verdadeira, sem filtros, é afastado dos homens desde quando são crianças”.

A Dra. Stephanie Cook, psicóloga da Universidade De Montfort em Leicester, acredita que outra razão pela qual nós pedimos desculpas quando choramos é o fato de que o choro vai contra as normas sociais.

“Não queremos que a pessoa que está conosco se sinta desconfortável,” explica. “Quando nos colocamos no seu lugar, sabemos que ela espera conseguir regular/apoiar o nosso comportamento de choro, e, portanto, sentimos a necessidade de pedir desculpas pela inconveniência”.

Apesar de tudo isso, o choro pode trazer muitos benefícios.“Chorar é importante para liberarmos as nossas emoções,” explica Bray. “Reprimi-las pode levar a comportamentos prejudiciais, como compulsão alimentar, consumo excessivo de álcool e vício em compras, e provocar um impacto negativo na nossa saúde emocional”.

Por último, nunca devemos nos desculpar por algo que é tão natural e inerente ao ser humano.“Você não pediria desculpas a alguém por estar feliz, decepcionado ou entusiasmado, então também não deveria sentir a necessidade de se desculpar por estar triste,” acrescenta o Dr. Chaudry.“O choro é poderoso. Ele nos permite sentir, liberar, curar e seguir em frente”.

Então, na próxima vez em que as lágrimas começarem a rolar, não peça desculpas a ninguém.Valorize as suas lágrimas e entenda que, na verdade, chorar faz bem.

Marie Claire Dorking