Por que é difícil trabalhar com Jim Carrey

Quem cresceu vendo os filmes de Jim Carrey deve acreditar que trabalhar com ele é hilário.

Mas, segundo o próprio ator e pessoas próximas, a experiência pode ser estressante.

Excêntrico e perfeccionista, o ator coleciona histórias bizarras de bastidores.

'Batman Eternamente'

As histórias de problemas com Carrey são antigas. Uma das primeiras é do filme 'Batman Eternamente', de 1995.

No filme, Carrey interpreta o vilão Charada ao lado de Tommy Lee Jones, que faz o Duas-Caras.

Segundo o próprio Carrey, Jones o odiava e chegou a dizer isso cara a cara certa vez: 'não aguento sua palhaçada'.

'O Mundo de Andy'

Em 'O Mundo de Andy', filme em que Carrey vive seu ídolo, o comediante Andy Kaufman, as coisas ficaram piores.

Carrey passou meses vivendo como se fosse o próprio Kaufman 24 horas por dia.

Sua insistência em não deixar o papel deixou seus colegas de cena incomodados.

A crise rendeu um documentário, 'Jim & Andy', que saiu em 2017 com cenas inéditas dos bastidores.

'O Grinch'

Em 'O Grinch', o gatilho que tornou Carrey difícil eram as camadas de maquiagem e figurino apertado.

Carrey tinha surtos que chegaram a afastar o maquiador Kazuhiro Tsuji da produção.

Além disso, o ator sumia de repente, por vários dias, e voltava ao set sem dar explicações.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos