Policiais cantam ‘Baby Shark’ em delegacia para colher digital de criança com autismo; assista

Redação
Polícia Civil/Divulgação

A mãe do pequeno Daniel Moreira, de dois anos, se surpreendeu com a atitude de policiais que a ajudaram a pegar as digitais do filho para fazer o RG.

O garoto foi diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista aos 18 meses de vida.
“Ele não fala, tem dificuldade de desenvolvimento pessoal, várias estereotipias e dificuldade de socialização. Ele se enquadra no nível dois moderado. Não gosta de ser tocado, principalmente por pessoas desconhecidas”, afirma Lorena Ramos Ferreira, mãe de Daniel.
Os policiais decidiram cantar a música Baby Shark, uma mistura de desenho infantil e apresentação de crianças coreanas, que é sucesso em todo o mundo.

Assista ao vídeo:


As imagens dos policiais cantando para o pequeno Daniel foram feitas nesta terça-feira, 10, durante o atendimento. Em entrevista a TV Globo de Goiás, Gabriel Rodrigues, assistente administrativo do Instituto de Identificação da Polícia Civil, contou que a equipe é treinada para lidar com qualquer situação.

“Na hora, a gente tem que dar uma improvisada e tem que ir de acordo mesmo com cada criança. Tem que criar aquele vínculo com ele, para quebrar aquele gelo, e para a gente ter uma intimidade para fazer uma boa coleta das digitais. Na hora eu lembrei de cantar a música do Baby Shark”, enfatizou o profissional, que tem uma filhinha de quatro anos.

Assista ao vídeo: