Polícia revista casa de Nego do Borel em busca de fuzil: "Arma de Airsoft"

Emily Santos
·1 minuto de leitura

Nego do Borel voltou ao Instagram na sexta-feira (15) para dizer aos fãs que a polícia havia ido até sua casa em busca por armas de fogo. A revista aconteceu após a ex-noiva do cantor, Duda Reis, afirmar em depoimento na Delegacia de Defesa da Mulher na quarta-feira (14) que encontrou um fuzil e uma quantia de R$ 2 milhões na casa de Nego.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

De acordo com os vídeos publicados no Instagram Story pelo cantor, a polícia deixou sua casa por volta das 12:30hrs, levando apenas uma arma de Airsoft. “Eu autorizei que eles [policiais] entrassem na minha casa porque não tem nada de errado [na casa], e eles viram [isso]”.

Leia também

Após o depoimento de Duda — que acusou o ex-noivo de estupro de vulnerável, ameaça, injúria, lesão corporal, violência doméstica e transmissão de HPV, doença sexualmente transmissível —, Nego recebeu em sua casa, no Rio de Janeiro, o jornalista Léo Dias, para quem deu uma entrevista e negou todas as acusações feitas por ela.

“Ela foi na delegacia, me acusou de estupro, sendo que eu nunca fiz isso, não sei de onde ela tirou isso”, afirmou o funkeiro.

Nego também negou que houvesse agredido, empurrado ou ameaçado Duda em qualquer momento. As únicas acusações que o cantor afirmou serem verdadeiras são as de traição, que teriam acontecido “umas três vezes”.

Sobre a arma citada por Duda no depoimento, o funkeiro exibe uma arma de Airsoft e afirma que jamais teve porte de arma de foto. “É um fuzil de paintball. Não tenho porte de arma e nunca tive arma de verdade em casa”.

Todas as acusações seguem sendo investigadas.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube