Políticos brasileiros e americanos pedem extradição de Bolsonaro

Políticos pedem extradição de Bolsonaro credit:Bang Showbiz
Políticos pedem extradição de Bolsonaro credit:Bang Showbiz

Políticos brasileiros e americanos pedem a extradição de Jair Bolsonaro (PL).

Desde o ataque às sedes dos Três Poderes, no último domingo (8), governantes nacionais e internacionais pedem que o ex-presidente - que está passando uma temporada nos Estados Unidos -, retorne ao Brasil para responder a possíveis acusações criminais.

Em entrevista ao UOL News, o senador Renan Calheiros pediu a extradição do ex-chefe de Estado para que ele possa ser investigado por diversas atitudes durante o exercício do cargo, incluindo o manejo da pandemia de Covid-19 e incitações ao fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF).

“É preciso, imediatamente, fazer a extradição do Bolsonaro para o Brasil, para que ele responda por todos os crimes que cometeu, e não apenas com relação às vítimas da covid-19”, disse ele. “Em todos os momentos, o Bolsonaro foi esse que está aí: fugiu na hora H, quando estava para se deflagrar a invasão à sede dos Três Poderes”.

Luciene Cavalcante, deputada federal pelo Psol-SP, também defende a extradição de Bolsonaro em face do ocorrido em Brasília.

“É urgente a extradição do ex-presidente Bolsonaro para o território nacional para que ele responda perante a nossa Constituição pelos inquéritos dos atos antidemocráticos em curso no nosso país”.

Após a repercussão internacional dos atos antidemocráticos do domingo, políticos estadunidenses também se manifestaram contra a permanência de Jair Bolsonaro na Flórida.

"Quase 2 anos depois do dia em que o Capitólio dos EUA foi atacado por fascistas, vemos movimentos fascistas no exterior tentando fazer o mesmo no Brasil", escreveu a deputada Alexandria Ocasio-Cortez - em referência à invasão do Congresso americano por eleitores do ex-presidente Donald Trump.

“Devemos nos erguer em solidariedade ao governo democraticamente eleito de @LulaOficial. Os EUA devem parar de conceder refúgio a Bolsonaro na Flórida", finalizou ela.

O deputado texano Joaquin Castro, fez o apelo de que o ex-presidente seja “responsabilizado pelos seus crimes”.

“Eu estou com @LulaOficial e o governo democraticamente eleito do Brasil. Terroristas domésticos e fascistas não podem usar o manual de instruções de Trump para minimizar a democracia. Bolsonaro não pode receber refúgio na Flórida, onde ele está se escondendo da responsabilidade por seus crimes”, escreveu ele.