Polícia britânica acusa ator Kevin Spacey de supostos crimes sexuais

Ator Kevin Spacey

LONDRES (Reuters) - A polícia britânica anunciou nesta segunda-feira que acusou o ator vencedor do Oscar Kevin Spacey de crimes sexuais cometidos no passado, e o ator deve ser julgado já na próxima quinta-feira.

Procuradores autorizaram no mês passado as quatro acusações contra Spacey, de 62 anos, por conta de abusos sexuais contra três homens, além de mais uma acusação de causar o envolvimento de uma pessoa em atividade sexual com penetração sem consentimento.

A polícia afirmou que os supostos abusos aconteceram entre março de 2005 e abril de 2013 --quatro deles na capital Londres e um deles em Gloucestershire. Os crimes envolvem um homem que tem hoje mais de 40 anos, e dois homens que hoje estão com mais de 30 anos.

"Ele deve aparecer na Corte de Magistrados de Westminster às 10h da manhã na quinta-feira, 16 de junho", anunciou a Polícia Metropolitana de Londres, confirmando que Spacey foi enquadrado nas cinco acusações autorizadas pelo Serviço de Promotoria da Coroa (CPS) após sua prisão.

Spacey, que conquistou Oscars pelos filmes "Os Suspeitos" e "Beleza Americana", na década de 1990, disse que está disposto a se defender no Reino Unido, e que está confiante de que qualquer julgamento irá provar sua inocência.

Um dos maiores astros de Hollywood nos últimos anos, Spacey desapareceu dos olhos do público após ser acusado de má-conduta sexual há cinco anos.

(Reportagem de Michael Holden e William James)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos