PM pede namorado em casamento em batalhão após pedido na Parada ser negado

Elton Luiz e Leandro Prior durante o pedido de casamento neste domingo (23) (reprodução / Instagram @leandro.prior)

O Policial Militar, Leandro Prior, pediu o namorado Elton Silva em casamento em Campos Elísios, São Paulo, próximo ao batalhão em que ele estava de plantão durante um intervalo.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

A intenção do soldado era fazer o pedido durante a 23º Parada do Orgulho LGBTQIA+ de São Paulo, mas a solicitação foi negada ao servidor por não ser permitido o uso de fardamento por agente de folga em manifestações.

Leandro Prior, fardado, pedindo a mão de Elton Silva em casamento neste domingo (23) (reprodução / instagram @leandro.prior)

Leia também

"O ponto crucial que me fez ir em frente é o fato de que eu nunca na vida permiti que a opinião do outro me ferisse, muito menos que a opinião do outro, seja quem fosse, suprimisse a minha felicidade", disse o soldado ao UOL.

Clima tenso

Segundo a reportagem, o pedido foi rápido, acompanhado apenas por amigos do casal e uma vitura da PM com vidros escuros que parou em frente ao local escolhido pelo soldado para o pedido e deu partida assim que foi dito o "sim". "Espero que tenhamos paz, muitas realizações e que todos e todas possam seguir em frente, convictos de seus valores e princípios, leais a si mesmos", disse Prior ao ser questionado sobre retaliações.

Vítima de homofobia

Em 2018 Leandro foi vítima de homofobia na internet e dentro da Polícia Militar após ser filmado no metrô, sem o seu consentimento, dando um selinho no então namorado. Na época ele chegou a ser ameaçado de morte e ter um processo aberto na corregedoria da organização por não estar