O que fazer quando todos os seus planos dão errado?

Marcela De Mingo
·4 minuto de leitura
close up on senior employee woman hand using pen to writing schedule on calendar to make appointment meeting or manage timetable each day at house for work from home concept
Lidar com planos frustrados pode ser comum em tempos de pandemia, mas é preciso paciência e auto-empatia para encontrar soluções (Foto: Getty Creative)

O ano de 2020 foi caótico - não há dúvidas sobre isso. Mas havia a possibilidade de 2021 ser melhor. Ainda esperamos isso acontecer, mas com a pandemia de coronavírus seguindo implacável em países como o Brasil, é de se imaginar que alguns planos tenham ido por água abaixo. Seja voltar a viajar para fora do país, encontrar os amigos na balada sexta à noite ou só retomar a vida e a rotina como antes, talvez você seja uma das muitas pessoas que se viu frustrada nesse começo de ano por desmarcar, mais uma vez, os planos que queria tanto tirar do papel.

Segundo Jess Blanco, da marca de lifestyle e organização Meg & Meg, a maior dificuldade das pessoas em relação a um planejamento recai, justamente, no fato de não adquirirem o hábito de acompanhar as tarefas relacionadas às suas metas dia a dia. "Vejo muitas pessoas super empolgadas em janeiro, criando vários objetivos e metas, mas sem entender que o esforço para chegar em um resultado é diário. Os planos mudam todos os dias, né? Precisamos dar manutenção e estar sempre de olho nas prioridades para conseguirmos alcançar determinado objetivo e fazer a vida caminhar na direção que queremos", diz ela.

Leia também

E, de fato, muitas coisas mudaram. O baque da primeira quarentena anunciada em 2020 já passou, no entanto, não podemos dizer que chegamos a um período de estabilidade. Os dados sobre COVID-19 e as regras de flexibilização ou endurecimento do cotidiano mudam a cada momento e é preciso ter noção de contexto para adaptar os seus planos segundo essas mudanças.

O segundo ponto é ser flexível. De fato, existem coisas que fogem da alçada de qualquer um (agora e em qualquer momento da vida), e é importante ter mente aberta para oportunidades diferentes, mas que ajudem você a alcançar aquilo que você deseja. "Nesse cenário atual precisamos entender e aceitar que muitas coisas fogem do nosso controle, existem algumas situações que não temos como mudar", explica. "Com isso entendido, podemos voltar nossa atenção e energia para coisas que temos controle. Além disso, é importante pensar em alternativas seguras para planos antigos: se você não pode viajar de avião, que tal reprogramar suas férias para um lugar próximo?"

Jess, por exemplo, explica que ela mesma precisou lidar com mudar de planos e adaptação de planejamento. Sua marca, conhecida por fazer alguns dos planners anuais mais desejados do Instagram, passou por adiamento de coleções, de contratações e até por cancelamento de projetos que dependiam de pesquisa de campo. Para ela, o momento segue desafiador, mas o mais importante foi possibilidade de buscar e encontrar soluções para seguir adiante.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

E aí, o que faço com os meus planos que deram errado?

Bom, se você é do tipo prático ou ansioso, que precisa de um passo a passo para lidar com a frustração de ver os planos indo por água abaixo ou tendo que mudar da noite para o dia, o primeiro passo é ter calma. Parece contraprodutivo falar dessa forma, mas respirar fundo é, de fato, essencial para que você consiga pensar com clareza sobre o que fazer a seguir.

Depois, vale a pena seguir as dicas de Jess, quer você já tenha um planejamento rodando ou vê a necessidade de começar um agora: "Em primeiro lugar, comprometa-se principalmente com o que depende de você e faça uma pequena lista de tarefas que te ajude a evoluir todos os dias", explica. "É melhor ter três pequenas tarefas feitas do que uma lista de 50 itens que nunca saem do lugar. Esse momento de isolamento pode ser ótimo para tirar do papel coisas que dependem de foco e constância".

Ainda estamos vivendo um período de incertezas, então, se a sua ideia é fazer planos a longo prazo, mantenha em mente que eles podem sofrer ajustes - esse é o segredo para evitar frustrações ou decepções mais para frente.

Uma ideia interessante é não colocar as suas energias apenas em planos que vão se concretizar no futuro seja a curto ou longo prazo, mas também no que tem acontecido agora e que gera algum nível de prazer ou satisfação. "Uma coisa que eu gosto muito de fazer é anotar coisas que eu fiz por mim, por exemplo: cozinhar um jantar gostoso, assistir um filme, passear com minha cachorrinha. São coisas que não fazem parte de nenhum plano ou objetivo, mas compõe minha vida e me fazem sentir produtiva", finaliza.