Pitacos do UFC Tampa, com Jéssica ‘Bate-Estaca’: Jedrzejczyk é a favorita?

Joanna Jedrzejczyk enfrenta Michelle Waterson no UFC Tampa (Josh Hedges/Zuffa LLC)

O UFC Tampa, marcado para a noite de sábado na Flórida — e recheado de lutas interessantes —, é a ocasião perfeita para o blog estrear a série Pitacos. Sempre com a participação de um lutador de MMA, destrincharemos e opinaremos sobre os maiores confrontos que estão por vir no octógono do UFC.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Para o Ultimate deste sábado, o blog convocou Jéssica “Bate-Estaca” Andrade, ex-campeã da categoria peso palha (52kg) e uma das mais interessadas no confronto principal da noite, que pode definir a próxima desafiante ao título da divisão — ou, quem sabe, sua próxima oponente.

Leia mais notícias sobre MMA e outras lutas

A duríssima polonesa Joanna Jedrzejczyk, velha conhecida da brasileira, encara a norte-americana Michelle Waterson em duelo de cinco rounds. O UFC não se pronunciou oficialmente, mas é provável que esteja em jogo uma luta contra a campeã Weili Zhang em 2020.

O pitaco do blog é vitória de Jedrzejczyk por nocaute no quarto round. A polonesa leva grande vantagem na questão física — é 7cm mais alta e estará mais pesada no momento do confronto —, e é melhor tecnicamente na luta em pé, além de ter boa defesa de quedas.

“Bate-Estaca” não descarta que Waterson possa "colocar um dos seus chutes e surpreender”, mas também aposta em sua antiga algoz.

“Acredito que a Joanna vença a Michelle porque o jogo de trocação da Joanna é muito bom, ela consegue colocar os golpes e sair, e isso vai dificultar a Michele para encontrá-la”, prevê a brasileira.

Ainda pela categoria peso palha, a mineira Amanda Ribas mede forças com Mackenzie Dern. O ritmo favorece Ribas, uma vez que sua adversária ficou um bom tempo afastada por conta da gravidez, mas Dern aparenta estar em excelente forma física, talvez melhor que antes da maternidade.

O confronto é equilibrado, mas o pitaco do blog é de que Dern impõe seu jiu-jitsu de altíssimo nível e finaliza Ribas no segundo assalto.

“Essa luta é muito dura, ambas são muito boas de chão, mas eu aposto na Mackenzie porque ela também tem uma mão muito forte e um jiu-jítsu espetacular,” palpita “Bate-Estaca”.

Nos outros confrontos envolvendo brasileiros, “Bate-Estaca” faz coro com o blog de que o Brasil sairá vencedor em ambos, mas a ex-campeã aposta em uma noite mais longa para Deiveson Figueiredo.

Tanto o blog quanto Andrade acreditam em finalização no segundo round do invicto Kron Gracie sobre Cub Swanson, válido pela categoria peso pena (66kg). Na luta dos pesos moscas (57kg) “Deus da Guerra” e Tim Elliot, o blog acredita em nocaute do paraense no segundo round, enquanto Andrade vê desfecho no assalto seguinte.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter