Pires diz que não quer rever colegas 'nem pintados de ouro' em No Limite

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 28.08.2019 - O atleta Fernando Fernandes, apresentador do reality show de sobrevivência No Limite (Globo). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 28.08.2019 - O atleta Fernando Fernandes, apresentador do reality show de sobrevivência No Limite (Globo). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Definitivamente, o diretor pedagógico Matheus Pires, 30, foi um dos maiores destaques da atual edição Do reality No Limite (Globo). Mesmo tendo sido eliminado, ele conta que sua principal função não era ser campeão e levar para casa o prêmio de R$ 500 mil, mas gerar entretenimento.

"Não me arrependo de nada, pois a ideia era causar", conta ele em entrevista ao F5." Usei uma estratégia para jogar sem amaras e criei o personagem Pires para poder fazer o que eu quisesse sem precisar pensar em cancelamento. Queria gerar entretenimento sem a preocupação se eu manteria meu emprego ou meu casamento. Me joguei."

Logo que o jogo começou, o carioca se identificou para todos como Pires, que de fato é seu sobrenome. Porém, tratava-se de uma leve mentira, já que para as câmeras ele dizia que nunca ninguém o chamava assim na vida real, mas de Matheus. Já quando o momento era o de confraternizar, não foram poucas as vezes em que ele revirava os olhos por ter de conviver com gente que ele não suportava. Esse tipo de coisa foi aproximando o participante do público do lado de fora.

"De fato a convivência é o mais difícil, a privação de coisas básicas como cama, comida, privada, sabonete. Eu tinha de dormir na areia e já acordava todo quebrado. Parecia que nunca estávamos limpos", relembra ele, que --sem papas na língua-- aponta sobre a vida pós-programa: "Não tenho muita vontade de ver nem pintado de ouro várias daquelas pessoas".

"A gente fica preso a essas pessoas com as mesmas histórias o tempo todo, gente que com certeza eu jamais teria contato se não fosse pelo jogo. Isso foi cansativo também", emenda. Dentre as pessoas que ele vai querer manter contato estão Pedro, Victor e Lucas. Com o último ele dormia junto e até deu um selinho. Mas nada que tenha abalado a relação aberta com o marido.

"Conversamos muito sobre o que eu poderia ou não fazer. Sabia dos limites e não ultrapassei nenhum deles", afirma. "Estávamos com muita saudade um do outro e a primeira coisa que fiz com ele foi namorar muito após minha saída."

O balanço final da participação de Pires no programa foi positivo. O carioca conta que a repercussão dos episódios fez com que ele melhorasse sua relação com a mãe e a irmã, pessoas de quem já afirmou ter sofrido gordofobia. Agora, Pires espera poder pegar todas as oportunidades que puder, até mesmo o convite para A Fazenda (Record). "Participei do reality mais complexo de todos, então qualquer outro não seria tão difícil."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos