Luana Piovani sobre pensão de Scooby: "Mulher não é centro de reabilitação"

Redação Vida e Estilo
·2 minuto de leitura
Luana Piovani. Foto: reprodução/Instagram/luapio
Luana Piovani. Foto: reprodução/Instagram/luapio

A quarentena tem sido um período intenso para Luana Piovani. Separada e mãe de três filhos, a atriz e apresentadora contou que aprendeu a lidar com os desafios do isolamento social e hoje lida melhor com a nova rotina e com a ausência do pai dos filhos, o surfista Pedro Scooby.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“Já me adaptei a ficar o dia inteiro com as crianças, então eu estava nota 5 e agora já estou 7,5. Já consigo pensar no que oferecer para eles fazerem, então estamos bem. Ninguém está muito afobado, mas a presença do pai é só virtual. Antes, tinha uma babá para cada filho e administrava a casa e as crianças. Agora, administro a casa e cuido dos filhos”, afirmou a loura, numa conversa com a apresentadora Mayara Russi, do E! Entertainment, no Instagram.

Leia também:

Em relação ao ex-marido, com quem frequentemente se desentende e alfineta publicamente nas redes sociais, Luana garante que passou a adotar uma nova postura. “Parei de fazer questão da presença dele. Preciso parar de me incomodar com o fato de ele não desejar [estar com os filhos]”, declarou.

Recentemente, a atriz chegou a reclamar que Scooby havia atrasado o pagamento da pensão das crianças. Segundo ela, a questão agora será tratada apenas na Justiça “Agora deixarei que as coisas sejam justas e o juiz faça as contas para decidir, tanto pensão como visitas, e desse jeito vai ser cumprido. Mulher não é centro de reabilitação”, analisou.

Luana desconversou sobre o suposto noivado com o israelense Ofek Malka, mas afirmou que a distância forçada tem fortalecido a relação. “Como o espaço aéreo ainda está fechado e ele está em Israel, é uma incógnita, infelizmente. Mas isso fez com que a gente tivesse conversas e o fato da gente manter se escolhendo em meio a tudo isso, isso tem feito eu acreditar mais no amor dele e ele acreditar no meu”, concluiu.