Pilota Jessi Combs, de 'Os Caçadores de Mitos', morre aos 36 anos em acidente de carro a jato

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A pilota Jessi Combs, que apresentou o programa "Os Caçadores de Mitos" entre os anos de 2009 e 2010, morreu aos 36 anos em um acidente de carro a jato nesta terça-feira (27), segundo informações da polícia do Oregon (Estados Unidos) à revista People.

 A pilota profissional tentava quebrar seu próprio recorde enquanto dirigia um carro a jato na região do deserto de Alvord, quando sofreu um "acidente horrível" segundo Terry Madden, seu colega de equipe. Madden publicou um vídeo em suas redes sociais nesta quarta-feira (28) confirmando a morte da amiga.

"Ela era um dos espíritos mais incríveis que eu já conheci na minha vida. Infelizmente, ontem, nós a perdemos em um acidente horrível. Eu era a única pessoa lá e, acreditem, nós fizemos tudo humanamente possível para salvá-la", escreveu Terry em seu Instagram.

Três dias antes do acidente, Jessi postou uma foto sobre um jato e escreveu uma mensagem motivadora, dizendo que agradecia aos que a chamavam de louca. "Pode parecer um pouco maluco caminhar na direção da linha de fogo. Mas aqueles que têm disposição são os que conquistam grandes coisas. As pessoas dizem que sou louca, e eu agradeço".

O acidente aconteceu enquanto Combs tentava quebrar o recorde de mulher mais rápida do mundo sobre jato, que era dela mesma desde 2013. Naquele ano, ela atingiu 640 quilômetros por hora, batendo o recorde da época. Já em 2018, ela chegou a atingir 777 quilômetros por hora, mas não terminou a corrida por problemas técnicos.

Entre os anos de 2009 e 2010, Jessi Combs foi apresentadora do programa "Os Caçadores de Mitos", quando entrou para substituir Kari Bryon, que saiu de licença maternidade.