Pilhado e equivocado, Rodrigo é um jogador fundamental no “BBB 22”

·2 min de leitura
Rodrigo só fala de jogo no
Rodrigo só fala de jogo no "BBB 22" (Foto: Reprodução/Globo)

Muito se fala da insistência de Rodrigo para combinar votos e traçar estratégias no "BBB 22". O assunto fica saturado, os colegas de confinamento se sentem pressionados e não conseguem confiar em alguém que puxa o mesmo assunto com todo mundo.

Embora se considere jogador, Rodrigo falha com esse comportamento. A história do programa prova que os participantes com mais chance de ganhar são aqueles que fazem movimentações sutis e alianças sólidas. O público também costuma abraçar aqueles que se defendem e não começam atacando.

Rodrigo é equivocado, ansioso e muito pilhado. Parece até que está na reta final do game, naquele período em que todos estão armando e é preciso agir rápido. Na madrugada desta sexta-feira (28), inclusive, o brother ficou perto do Big Fone, desesperado, torcendo para que ele tocasse.

Chateado por ter sido vetado da prova do líder, Rodrigo ainda foi tirar satisfação com Douglas. Ele lembrou que os dois fizeram a última prova do líder juntos e achou uma "traição" o colega vetá-lo da prova seguinte. "A única coisa que veio na minha cabeça de você ter me vetado foi: você conseguiu o poder do veto pela liderança que a gente conquistou junto", explicou Rodrigo. "Se fosse eu, não pensaria em te vetar por causa disso", continuou.

Douglas Silva disse que tomou essa decisão depois que percebeu que Rodrigo está influenciando algumas pessoas. "Você acaba influenciando a pessoa a fazer algo que ela não quer. Já tinha te falado que no meu jeito de jogar não gosto de falar nada pra ninguém porque não quero influenciar", explicou.

Nas redes sociais, Rodrigo já virou piada e passou a ser chamado de “chato" por não conseguir falar de outra coisa que não seja jogo. Sorte dele ou não, o que precisamos reconhecer é que o brother é essencial para a temporada.

Em uma edição que ninguém quer se comprometer, Rodrigo é aquele que chega para tirar todos da zona de conforto e lembrar que existe um jogo. Mesmo não suportando acompanhar seus diálogos durante o dia, o público deve reconhecer o esforço do participante e deixá-lo mais tempo na casa (se acontecer de parar no paredão, o que é muito provável).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos