Petrobras questiona governo sobre existência de estudos para privatização

·1 min de leitura
Logo da Petrobras em sede no Rio de Janeiro

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras informou nesta segunda-feira que questionou o governo, por meio do Ministério da Economia, sobre a existência ou não de estudos para privatização da companhia, conforme fato relevante.

A indagação veio após notícias de que há estudos no governo sobre a venda de ações da estatal e perda da maioria do controle acionário da Petrobras. O assunto foi revelado inicialmente pela CNN Brasil.

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), confirmou à Reuters que há estudos sobre o tema. "Não tem decisão tomada. Existem estudos a respeito", disse ele.

Na sequência, o ministro da Economia, Paulo Guedes, fez acenos à privatização da Petrobras ao sugerir "pensar ousadamente" sobre a empresa, e destacou que a mera menção a esta possibilidade pelo presidente Jair Bolsonaro foi o suficiente para fazer as ações da petroleira dispararem.

Em entrevista a uma rádio, pela manhã, Bolsonaro confirmou que a privatização da Petrobras "entrou no radar" do governo, mas disse que não se trata de um processo imediato.

(Por Nayara Figueiredo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos