Petrix diz que não apoiava 'jogo de sedução' dos brothers no BBB 20

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Segundo eliminado do BBB 20, Petrix esteve na manhã desta quarta-feira (5) no programa Mais Você (Globo), após sair da casa com mais de 80% dos votos do público. O jogador disse que não conseguiu descansar tanto desde a noite anterior, e que ainda não olhou seu celular -"não sei nem a porcentagem [da minha saída]", contou.

O ginasta disse que conseguiu conversar com a namorada e a família, que afirmou o ver como "cuidadoso e protetor", e que ambos têm muito orgulho dele. "Eles me disseram 'A gente conhece você e vemos exatamente o Petrix que é com a família, com todos, brincando com os amigos da escola", disse. 

Questionado, ele também comentou sobre o "jogo de sedução" debatido entre os homens para com as sisters da casa. "Hadson não citou meu nome. Isso nunca foi uma estratégia, nunca fui conivente com isso. Eu tenho uma namorada, jamais ia aceitar que alguém fizesse isso. [...] Quando soube fiquei 'O que? Isso não é possível'. [...] Não [compactuei], de jeito nenhum, tanto que parei de falar com o Hadson", afirmou.

Petrix acrescentou que as meninas da casa são "puras, com coração", e que "se aconteceu, foi zero minha intenção". 

Petrix afirmou que estava muito feliz dentro da casa, mas que é uma experiência "muito intensa", diferente de tudo o que já viveu. Na saída do programa desta terça, ele disse que não sabia o que estava acontecendo. "Fui obrigado a me adaptar", disse. "Não entrei jogando".

Segundo ele, ganhar a prova do líder o atrapalhou no jogo, porque acabou levando os colegas para o paredão, quando tinha a função, como líder, de "fazer alguém sair" -em especial, Pyong. 

No entanto, o ginasta refletiu sobre o carinho que Pyong e Babu tiveram com ele em sua saída, e disse que ele é recíproco. Ainda acrescentou: "Uma coisa que mais me magoa na vida é ver as pessoas que eu gosto magoadas.