Pesquisadores afirmam que viver em cidades agitadas é o segredo para a felicidade

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Se você mora em uma grande cidade e está cansado do caos e da falta de tempo, é melhor reconsiderar. Segundo um estudo recente, viver em grande metrópoles é a chave para a felicidade.

Leia mais: Saiba quais as cidades mais e menos estressantes do mundo para se viver

Embora o ambiente urbano seja associado a grandes índices de estresse e ansiedade, se manter ocupado nesses lugares teve link comprovado com satisfação de vida. O estudo realizado pela Universidade da Califórnia investigou o ritmo das grandes cidades em 31 países.

Conduzida por Robert Levine, a pesquisa descobriu uma correlação positiva entre a velocidade que cada indivíduo vive sua vida e o status econômico que desfrutam. A Dr Jeanette Bicknell reforça que é mais provável que a felicidade da pessoa melhore de acordo com como ela gasta seu tempo diariamente, e não com o quanto ela ganha.

“De acordo com o ‘paradoxo de Easterlin’ (em homenagem ao economista Richard Easterlin), uma vez que as pessoas tenham dinheiro suficiente para suprir suas necessidades básicas, ter mais dinheiro não está necessariamente correlacionado com uma maior felicidade auto relatada”, afirma Jeanettte.

Um outro estudo realizado em 2017 pelas Universidades de Oxford e Hong Kong concluiu que aqueles que vivem em áreas de maior densidade têm maior probabilidade de levar uma vida mais feliz e ativa do que aqueles que vivem em regiões suburbanas.

Leia mais: Segundo pesquisa, xingar ajuda a aliviar o estresse

Apesar do fato de que existem efeitos negativos ao se viver em uma grande cidade, como maior probabilidade de se tornar fumante e um maior risco de desenvolvimento de doenças cardíacas, a rotina acelerada da vida na cidade é aparentemente ideal para reduzir sentimentos de estresse e ansiedade.