Personalidades ligadas ao universo das misses lamentam morte de Martha Rocha

FÁBIO PAULA
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 08.04.2004 - A Miss Brasil 1954, Martha Rocha, posa com as concorrentes do concurso, que completa 50 anos este ano. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A morte de Martha Rocha, a primeira Miss Brasil, foi lamentada por diversas personalidades ligadas ao universo dos concursos de beleza. A baiana, que tinha 87 anos, marcou época ao ser vice-campeã do Miss Universo 1954 e ficou conhecida pela lenda de ter perdido a coroa por duas polegadas a mais no quadril.

Considerada ícone a beleza, ela deu o pontapé inicial aos concursos de beleza no Brasil e inspirou diversas mulheres desde a década de 50 até hoje. Confira abaixo os relatos que a reportagem apurou com Júlia Horta, Natália Guimarães, Renata Fan, Débora Lyra e muito mais.


JÚLIA HORTA, Miss Brasil Universo 2019

"Desde que participei do meu primeiro concurso de beleza e comecei a me interessar pelo mundo miss e todas as suas histórias, um dos nomes que eu mais ouvia era Martha Rocha. Uma mulher belíssima que trouxe muita alegria para o nosso país na época em que foi eleita e, claro, muito orgulho ao ficar em segundo lugar no Miss Universo. Eu a admiro muito e hoje desejo que Deus conforte o coração de todos aqueles que a amavam. Com certeza ela será sempre lembrada pelo mundo miss com muito carinho."


NATÁLIA GUIMARÃES, atriz e Miss Brasil Universo 2007

"Fiquei muito triste com a notícia, de saber que a gente perdeu, pelo menos neste plano, essa grande mulher. Com certeza ela é um marco na história das misses e me sinto muito honrada de ser Miss Brasil como ela foi e também de, assim como ela, ter ficado em segundo lugar no Miss Universo. Cresci ouvindo o nome de Martha Rocha e me sinto muito grata de ter marcado minhas pegadas por onde ela trilhou. Ela foi Miss Universo para muita gente, uma miss do povo, e inesquecível, pois seu nome é muito lembrado por todos quando se fala de misses. Tive a oportunidade de conhecê-la pessoalmente há alguns anos e foi muito bacana ver que ela realmente é linda, maravilhosa, de olhos hipnotizantes. A gente sempre vai lembrar dela como um ícone no mundo miss, da beleza e das mulheres."


RENATA FAN, apresentadora e Miss Brasil Universo 1999

"Hoje é um dia muito triste para a beleza brasileira, para a causa feminina e para a divulgação da imagem positiva das mulheres ao redor do planeta, o que a Martha Rocha fez com toda a sabedoria, com galhardia e com classe, e não só na questão estética. Ficou muito marcado por que ela não foi Miss Universo, ela quase chegou lá. Tanto que a história das polegadas é algo que até hoje tem uma simbologia. Eu tive poucas interações com ela, nos encontramos na Bahia uma vez, e ali já vi que é uma mulher que definitivamente entrou para a história, um dos grandes símbolos femininos do Brasil, principalmente no século 20. Ela é alguém que me inspirou e que ajudou muito no meu papel e na minha vida como Miss brasil. Uma perda lamentável e eu fico muito triste por tudo isso."


DEISE NUNES, modelo e Miss Brasil Universo 1986

"Foi uma notícia que pegou todas nós de surpresa. Martha Rocha é uma mulher icônica, uma miss bafônica, com um sorriso largo e bonito. Uma mulher elegante, com glamour, refinada, de personalidade muito forte. Ela é inspiração para todas as misses, impossível não se inspirar na Martha Rocha, naquela elegância, no andar, na sua sofisticação e no gestual. Brilhou muito entre nós e vai seguir brilhando em nosso corações, não tenha dúvida. Por duas polegadas a mais não trouxe em 1954 o título mas, para nós brasileiros, amante dos concursos de beleza, ela com certeza tem esse título de Miss Universo. Pude conhecer ela pessoalmente em vários momentos, foi um privilégio incrível, e agradeço por essa oportunidade. É uma perda lamentável, que descanse em paz e que o Senhor possa confortar o coração da família e dos inúmeros fãs que ela deixou por aqui. Sua história jamais será apagada e está eternizada."


DÉBORA LYRA, Miss Brasil Universo 2010

"Infelizmente não tive a oportunidade de conhecer a Martha Rocha, mas todas as pessoas que passam pelo universo miss sabem o quão importante ela foi para todo esse legado e toda essa construção que a gente vem fazendo nesse mercado das misses. E, sem sombra de dúvidas a partida dela vai deixar muitas saudades, pois sempre foi um ícone e referência pra gente. Deixa uma tristeza para nós, independente de quem conhecia ou não, até para quem era mais próximo dela. Tenho certeza de que ela deixou uma história lindíssima, cumpriu sua missão no mundo miss e será muito bem lembrada por todas nós."


SANCLER FRANTZ, modelo e Miss Brasil Mundo 2013

"Eu cresci ouvindo o nome da Martha Rocha como a miss mais amada do Brasil. Martha se tornou sinônimo de beleza, brilho e inspiração. Não apenas como Miss, mas como brasileira, me sinto eternamente honrada e grata por ter Martha como nossa primeira Miss Brasil, pois ela foi a maior responsável pelo amor dos brasileiros pelos concursos de beleza, e assim será para sempre, inesquecível e amada Martha Rocha."


HENRIQUE FONTES, missólogo, diretor do CNB - Concurso Nacional de Beleza e do Miss Brasil Mundo

"Marta Rocha é a miss que sempre permanecerá no inconsciente coletivo nacional, uma mulher de um magnetismo e de uma beleza atemporal sem iguais. É parte importante não somente a história dos concursos de beleza, mas do Brasil."


ROBERTO MACEDO, missólogo e diretor do novo Miss Brasil Universo

"Eu acredito que a contribuição maior de Martha Rocha foi mostrar que o Brasil é um país bonito, um país amado e que a gente deve acreditar no Brasil e em dias melhores. Quando Martha Rocha perdeu aquele Miss Universo, nós vivíamos o auge do nacionalismo, e ela perdeu injustamente e logo para uma norte-americana. O povo se revoltou. Naquele momento o Brasil tinha acabado de ser eliminado da Copa do Mundo, e tinha toda a crise do governo Getúlio Vargas, do atentado na rua Toneleros, e ninguém sabia o que ia acontecer no país. Getúlio a recebeu, antes dela embarcar para os Estados Unidos e disse uma coisa engraçada: que se tivesse que colocar Martha em um ministério, ia colocá-la na pasta de atração de capitais internacionais, pois não haveria nenhuma propaganda melhor para o brasil do que ela. Martha seguiu, grande favorita no Miss Universo, e ela ficou em segundo lugar. Além disso, enquanto estava nos EUA, Getúlio Vargas se suicidou. Então, naquele momento, o único motivo de orgulho para nós brasileiros era Martha Rocha. Ela virou a namorada do Brasil, sinônimo de tudo que era bonito, e tudo se chamava Martha Rocha. Então acho que a maior contribuição dela foi ter trazido esperança para o Brasil e ter se transformado nesse símbolo de dias melhores, de um Brasil grande."