Pensão da Marimar? Fazenda de José Leôncio já virou pousada, creche e casa fantasma

José Leôncio (Marcos Palmeira) vai ficar surpreso com Juma como onça (TV Globo/Imprensa Globo)
José Leôncio (Marcos Palmeira) vai ficar surpreso com Juma como onça (TV Globo/Imprensa Globo)

A fazenda de José Leôncio em "Pantanal" já virou piada entre o público da novela, que não entende como o patriarca consegue receber tantas pessoas novas a cada semana no local. O primeiro a chegar foi seu filho Jove (Jesuíta Barbosa), que não conhecia o pai e morou a vida toda no Rio de Janeiro.

Em seguida, o jovem se apaixonou por Juma (Alanis Guillen), que acabou, mesmo a contragosto, indo também morar na fazenda. Pouco depois, a família de Jove chegou com Irma (Camila Morgado) e Mariana (Selma Egrei). José Lucas (Irandhir Santos), filho perdido de José Leôncio, entrou para a lista ao chegar na fazenda do pai para ser peão ao lado de Tadeu (José Loreto).

A lista só aumenta

Aos poucos, personagens de outras fazendas também acabaram indo morar na casa de José Leôncio, como Zefa (que foi demitida da casa de Tenório) e Alcides (Juliano Cazarré). Até Maria Bruaca (Isabel Teixeira) foi parar no local após Alcides acolher a amante, que foi expulsa por Tenório.

Érica, que teve um breve affair com José Lucas, também passou um tempo na fazenda. A impressão é que existem dezenas de quartos na fazenda de José Leôncio, e a incongruência não passou despercebida pelo público, que também brincou que o local virou uma creche com várias mulheres grávidas: Juma, Irma e Érica estão esperando seus filhos no na fazenda. Quem assistiu ao clássico "Marimar" nos anos 90 na hora se lembrou da pensão de Josefina, que recebia pessoas de origem humilde que não tinham para onde ir.

Cabe todo mundo!

Até mesmo fantasmas da trama acabaram passando pela fazenda. Nos próximos episódios de "Pantanal", a fazenda de José Leôncio (Marcos Palmeira) receberá uma comitiva de convidados indesejados. De acordo com o roteiro do autor Bruno Luperi, o local será invadido por um grupo de fantasmas sem rumo. "Voltamos ao caminho por onde o cozinheiro passou há pouco e vemos uma comitiva se formando ao longe. A poeira que a tropa levanta mais parece com o esfumaçar de uma nuvem fria. Eles progridem numa marcha ritmada, refazendo os pçassos do cozinheiro, possivelmente em busca de algum gado. A cena é ditada pelo sino do polaqueiro, que amanda a tropa e os tilintares dos merais", diz o roteiro do capítulo.

O Velho do Rio (Osmar Prado) estará atento à invasão, e aparecerá na porteira em forma de sucuri. Assustados, os fantasmas vão fugir quando ouvirem o berrante. Aos poucos, entretanto, a entidade entende que os fantasmas não estão ali para fazer mal aos vivos, e deixará que eles descansem por alguns dias.