Penélope Cruz e Federer serão co-anfitriões do Met Gala 2023

A atriz Penélope Cruz e a lenda do tênis Roger Federer estarão entre os co-anfitriões do Met Gala deste ano, que acontece na primeira segunda-feira de maio e terá "Em homenagem a Karl" como tema.

O "dress code" será uma homenagem ao falecido Karl Lagerfeld, lendário estilista alemão que comandou grandes casas como Chanel, Fendi, Balmain e Chloé, além de sua própria marca homônima.

A noite glamorosa, que vê as estrelas mais brilhantes do mundo do entretenimento desfilarem pelas escadas do Museu Metropolitano de Arte de Nova York em trajes extravagantes, será acompanhada, como sempre, por uma exposição no Costume Institute do museu.

A mostra mostra deste ano é "Karl Lagerfeld: A Line of Beauty" (Karl Lagerfeld: Uma Linha de Beleza), que reunirá cerca de 150 peças do estilista alemão, além de esboços de sua autoria.

Lagerfeld, o diretor criativo que reinventou a Chanel, morreu em 2019, aos 85 anos, após uma longa carreira como estilista, fotógrafo e empresário.

Junto com Cruz e Federer, a cantora pop Dua Lipa e a cineasta britânica Michaela Coel se juntarão à icônica editora-chefe da Vogue americana, Anna Wintour, para apresentar a gala de 1º de maio, um dos principais eventos da temporada.

O Costume Institute do Met confia nesta festa anual para financiar seu trabalho, incluindo exposições e aquisições.

O Met Gala foi realizado pela primeira vez em 1948 e durante décadas esteve reservado para a alta sociedade de Nova York. Alta sacerdotisa da moda, Wintour assumiu o evento em 1995, transformando-o em uma passarela para os ricos e famosos e uma extravagância para as redes sociais.

arb-mdo/st/ad/gm/ap/ic