1 / 5

Concurso participante síndrome de down

Reprodução/Instagram @mikholmgren_inspiring_other

Pela primeira vez na história, concurso de miss conta com participante com síndrome de Down

“Eu quero poder mostrar para os outros sobre que se trata a inclusão e que uma pessoa com necessidades especiais podem correr atrás de seus sonhos”. Essas são palavras de Mikayla Holmgren, uma jovem de 22 anos que entrou para a história ao se tornar a primeira participante com síndrome de Down no concurso de Miss EUA.

Leia mais: Ao cobrir concurso de miss, jornalista acaba levando a coroa

Dona de uma beleza cativante, Mikayla não conteve a emoção ao receber a notícia de que entraria na etapa estadual do evento em Minnesota. “Fiquei chocada, fui às lágrimas. Passe de concurso de pessoas com necessidades especiais para o maior concurso do mundo. É meio louco”.

A jovem sempre gostou do público e dança para plateias desde que tinha 6 anos. Além de participar de outros concursos, Mikayla é embaixadora da Best Budies, organização sem fins lucrativos destinada a melhorar a vida de pessoas com deficiências intelectual e de desenvolvimento.

Leia mais: Saiba qual país está prestes a se tornar o primeiro a não ter casos de síndrome de Down

“Mikayla é uma jovem mulher incrível e realizada. Ela é o protótipo do que o Miss Universe Organization se esforça para encontrar nas concorrentes”, disse Denise Wallace, codiretora executiva do Miss Minnesota.