Após falar em detector de mentiras, Pedro Bial quer Lula: "Convite continua em aberto"

·1 minuto de leitura
Pedro Bial convida Lula para entrevista (Foto: Reprodução/Instagram @lulaoficial e @pedrobial)
Pedro Bial convida Lula para entrevista (Foto: Reprodução/Instagram @lulaoficial e @pedrobial)

Após afirmar em abril deste ano que só entrevistaria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), usando um detector de mentiras, o apresentador Pedro Bial voltou com a sua fala e formalizou o convite para o petista, que deve disputar as eleições em 2022.

A atitude aconteceu no “Conversa com Bial”, transmitido na última segunda-feira (23), durante a entrevista com Fernanda Haddad, ex-prefeito de São Paulo.

Leia também:

“Eu queria fechar a nossa conversa, quem sabe abrindo portas para outra conversa. Você sabe que, quando eu fui estrear esse programa, no início de 2017, sabe quem foram os 2 primeiros convidados para esse programa? Um foi o Fernando Henrique, e o outro?”, perguntou Bial.

Logo em seguida Haddad disse: “Imagino que o Lula né?”. O apresentador então finaliza: “Então o convite continua em aberto.”

Entenda o caso

Em abril, Pedro Bial chamou atenção com uma fala sobre o ex-presidente Lula. Em entrevista ao 'Manhattan Connection', na TV Cultura, o apresentador falou sobre pessoas que gostaria de receber em seu programa e entregou que só entrevistaria Lula com uma condição bem específica.

"O Lula já até disse que gostaria de fazer o programa comigo, mas tinha que ser ao vivo. Pode até ser ao vivo, mas teria que ter um polígrafo acompanhando todas as falas dele", afirmou Bial.

A resposta foi vista como "grosseira" por parte dos internautas. Muitos cobraram imparcialidade e disseram que o jornalista não agiu assim quando entrevistou outros políticos. Por outro lado, alguns internautas relativizaram a opinião de Bial e levaram na brincadeira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos