Paulo Gustavo está em quadro “irreversível” após piora da covid-19

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Paulo Gustavo está em quadro irreversível (Divulgação)
Paulo Gustavo está em quadro irreversível (Divulgação)

Paulo Gustavo, internado em terapia intensiva em um hospital particular do Rio do Janeiro, não apresentou melhora nas últimas 24 horas. Segundo boletim médico divulgado na noite desta terça-feira (4), a saúde do artista piorou consideravelmente.

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo (2), em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes”, diz o documento divulgado pela assessoria de imprensa do ator.

Leia também

Paulo está internado no Rio de Janeiro com covid-19 desde o dia 13 de março e desde o dia 21 sedado e intubado. Cerca de 10 dias depois precisou ser colocado em ECMO, uma terapia de ventilação extracorpórea. É uma máquina que funciona como um pulmão artificial para que o órgão original possa se recuperar.

Na última semana ele apresentou um quadro de melhora significativa após e chegou a ser retirado da sedação na tarde do último domingo (2). O ator apresentou interação com a equipe médica e o marido, Thales Bretas, mas de noite ele teve uma súbita piora e precisou ser novamente sedado.

Exames apontaram que ele estava com uma fístula brônquio-venosa, que é uma abertura nos brônquios que permite a entrada de gás na corrente sanguínea. A presença desse gás causou uma “embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central”, ou seja, atingiu funções cerebrais.

Durante esta tarde, informações de danos cerebrais graves circularam nas redes sociais e em alguns veículos de imprensa e foram desmentidas por Tatá Wernerck e amigos do artista, que “permanece com sinais vitais presentes”. A família do ator foi chamada ao hospital no começo da tarde e só deixou a unidade perto das 20h. 

Ju Amaral e Déa Lúcia, mãe e irmã de Paulo Gustavo, deixando o hospital Copa Star (Marcelo Sa Barreto / AgNews)
Ju Amaral e Déa Lúcia, mãe e irmã de Paulo Gustavo, deixando o hospital Copa Star (Marcelo Sa Barreto / AgNews)
Ju Amaral e Déa Lúcia, mãe e irmã de Paulo Gustavo, deixando o hospital Copa Star (Marcelo Sa Barreto / AgNews)
Ju Amaral e Déa Lúcia, mãe e irmã de Paulo Gustavo, deixando o hospital Copa Star (Marcelo Sa Barreto / AgNews)

Paulo é casado com o dermatologista Thales Bretas e eles são pais de Romeu e Gael. Humorista, ele ganhou destaque nacional com a série de filmes 'Minha Mãe É uma Peça', que começou no teatro e viajou o país com salas lotadas. O médico e a família agradecem as orações no fim do comunicado. “A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações dirigidas ao Paulo Gustavo, assim como às demais pessoas acometidas por essa doença terrível”, conclui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos