Paulo Gustavo alega que objetivo de casamento gay em ‘Minha Mãe é Uma Peça 3’ não é o beijo

Redação
Instagram / @paulogustavo31

O criador e protagonista de Minha Mãe é Uma Peça 3, Paulo Gustavo, usou os stories do Instagram na quinta-feira, 12, para falar sobre um suposto veto a uma cena de beijo entre os personagens Thiago (Lucas Cordeiro) e Juliano (Rodrigo Pandolfo).

De acordo com ele, essa ideia nunca passou pelo roteiro da obra, e o objetivo do casamento gay encenado era mostrar o orgulho da mãe ao ver o filho se unir com quem ele ama, "sendo quem ele quer ser".

Paulo Gustavo alegou que é importante combater a homofobia. "Precisamos, sim, enfrentar essa era raivosa e preconceituosa. Eu entendo esses questionamentos, pois são legítimos e importantes. Mas eu acho que estão mirando no alvo errado", afirmou.

O ator reforçou ainda que, apesar de ser gay e casado há seis anos com Thales Bretas, não é ativista ou militante. "Minha bandeira é minha vida. Temos dois filhos e sou rodeado de amor, que quero espalhar pelo mundo", disse.