Paulo Gustavo é homenageado em mural na zona sul de São Paulo

·2 minuto de leitura
**ARQUIVO** SÃO PAULO, SP, 10/06/2013: O ator Paulo Gustavo no Cinemark do Shopping Eldorado. (Foto: Zanone Fraissat /Folhapress)
**ARQUIVO** SÃO PAULO, SP, 10/06/2013: O ator Paulo Gustavo no Cinemark do Shopping Eldorado. (Foto: Zanone Fraissat /Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após ser homenageado com nome de rua em Niterói, no Rio de Janeiro, e enredo de escola de samba carioca, Paulo Gustavo recebeu mais um tributo neste sábado (19): um mural desenhado pelo grafiteiro e artista plástico Paulo Terra.

No desenho, feito em um muro do Campo Limpo, na zona sul de São Paulo, o ator aparece ao lado de sua personagem mais famosa, Dona Hermínia, protagonista da trilogia "Minha Mãe É Uma Peça". A arte, que foi custeada pelo próprio Terra, deve ficar totalmente pronta até quarta-feira (19).

Paulo Gustavo morreu dia 4 de maio, aos 42 anos, após quase dois meses internado em um hospital da zona sul do Rio, devido a complicações da Covid-19. Antes da confirmação da morte, a equipe médica já tinha classificado o quadro do humorista como irreversível.

O corpo do ator foi cremado em cerimônia restrita na tarde de 6 de maio, no Cemitério e Crematório Alto da Colina, em Niterói, no Rio de Janeiro. A cerimônia de despedida começou às 8h40 com o velório no salão nobre do crematório e terminou às 14h30 com a benção do pároco do Santuário do Cristo Redentor, padre Omar.

Durante a Missa de Sétimo Dia de Paulo, realizada nesta terça-feira (11), o médico Thales Bretas agradeceu pelos sete anos que passou ao lado do marido. "O amor é transformador e o nosso não só me evoluiu para sempre como alcançou várias famílias para sempre como exemplo de tolerância, respeito e união", avaliou.

"Tínhamos tantos planos para tantos anos que acho que é para além desta encarnação", comentou. Ele também disse que o marido o fazia se sentir o homem mais especial do planeta e revelou que no começo não acreditou que eles poderiam dar certo por serem muito diferentes. "Ele ouvia Beyoncé; eu, Marisa Monte."

Porém, depois percebeu que as diferenças só faziam ambos melhores e disse que eles tiveram um "encontro de almas". Sobre os filhos Gael e Romeu ele disse: "Prometo cuidar para sempre e transmitir tudo o que aprendi com papai Paulo".

"Te amei demais, te amo e te amarei para sempre", concluiu. "Espero ter a honra de cruzar de novo com essa luz na eternidade."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos