Paul McCartney garante que viu Deus após usar droga alucinógena

Integrante dos Beatles relembra experiência inusitada com o sobrenatural (Reprodução/facebook.com.com/paul mccartney)

O cantor Paul McCartney, 76, concedeu recentemente uma entrevista para o jornal “Sunday Times” e relatou uma experiência sobrenatural que ele garante ter vivido no passado com a ajuda de entorpecentes.

De acordo com o ex-integrante dos Beatles, ter usado uma droga alucinógena há muitos anos fez com que ele tenha “visto Deus”. “Fomos imediatamente grudados no sofá. E eu vi Deus, essa incrível coisa imponente, e fiquei humilde. E o que estou dizendo é que esse momento não mudou minha vida, mas era uma pista. Era enorme. Uma parede maciça que eu não podia ver o topo, e eu estava no fundo. E qualquer outra pessoa diria que é apenas a droga, a alucinação. Nós sentimos que tínhamos visto algo mais importante“, revelou o artista.

Leia mais:
Maisa Silva é convidada para participar de versão de ‘Rebelde’ no México
Gretchen se declara no aniversário de Thammy Miranda: ‘Se tornou um homem forte’

A droga em questão era bastante popular na década de 60 como uma alternativa mais eficaz para substâncias como o LSD e os famosos cogumelos mágicos. Segundo o site “Papel Pop”, Paul McCartney lançará um novo álbum em setembro deste ano com canções que falam sobre o seu vício em álcool. Na faixa “With You”, o britânico diz: “Eu costumava beber demais / esquecer de voltar para casa”.