Paul McCartney e Ringo Starr lamentam morte de Charlie Watts

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - De Ringo Starr a Lulu Santos, artistas lamentam nas redes sociais a perda de Charlie Watts, baterista dos Rolling Stones que morreu na manhã desta terça-feira (24) em um hospital de Londres com a família.

Aos 80 anos, Charlie Watts já não iria participar da nova turnê dos Stones, que teria 13 apresentações nos Estados Unidos até novembro.

Ele estava afastado da carreira musical por problemas de saúde e havia passado por uma cirurgia de emergência recentemente.

Baterista dos Beatles, Ringo Starr publicou no Twitter uma foto em que entrega uma baqueta a Watts. "Deus abençoe Charlie Watts. Vamos sentir sua falta, cara. Paz e amor para a família", afirmou. Já Lulu afirmou, na mesma rede social, que "Charlie está bem agora".

Em vídeo, o também ex-beatle Paul McCartney se disse "muito triste" pela morte de Watts. "Ele era um cara encantador. Sabia que ele estava doente, mas não tão doente. Desejo muito amor para sua família, esposa, amigos e familiares. Condolências aos Stones. É um baque enorme para eles, porque Charlie era uma lenda, um baterista fantástico, firme como uma rocha. Vamos te amar para sempre, Charlie. Você foi um homem fantástico. Muitas condolências à família."

Elton John também lamentou a morte com a publicação de uma foto ao lado de Watts. "Um dia muito triste. Charlie Watts foi o baterista perfeito. Um homem estiloso e um parceiro brilhante. Minhas profundas condolências a Shirley, Seraphina, Charlotte e,claro, aos Rolling Stones."

O cantor Jonh Mayer foi sucinto, mas poético ao lamentar a perda. "Economia de movimento, epítome do cool. Descanse em paz, Charlie Watts", publicou no Instagram com uma foto do baterista.

Paul Stanley, líder do grupo Kiss, também compartilhou uma foto de Watts, no Twitter. "Notícia péssima. Um dos verdadeiros e eternos ícones e a base dos Stones. Difícil diferir a perda. Muito triste", escreveu.

O fundador da banda britância The Kinks, Dave Davie, utilizou a mesma rede social para prestar condolência à família.

"Em choque total. Charlie Watts foi um cara adorável. Sentiremos muito sua falta. Minha mais profunda compaixão à sua esposa, à banda, à família e aos amigos. Eu costumava encontrá-lo no trem quando ia a Devon muitos anos atrás. Ele era um baterista excelente e um homem inigualável", publicou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos