Coronavírus: patroa sabia de resultado positivo e manteve contato com vítima

Doméstica passou mal na segunda-feira (16) e morreu na terça-feira (17). Foto: Pixabay

A patroa da empregada doméstica de 63 anos que morreu vítima de coronavírus nesta terça-feira (17) teve contato com a funcionária mesmo após saber de seu resultado positivo para a doença.

A paciente esteve em contato direto com a empregadora, que tinha voltado de uma viagem que tinha feito para Itália recentemente e que foi testada positivo para Covid-19 no Brasil. De acordo com a Prefeitura de Miguel Pereira, a patroa teve contato com a funcionária após saber de sua situação de saúde.

A vítima passou mal na segunda-feira (16), por volta das 18h. Ela estava na casa da patroa, que fica no Rio de Janeiro, trabalhando normalmente. Depois de passar mal, ela foi para Miguel Pereira e deu entrada no Hospital Municipal Luiz Gonzaga.

Leia também:

Ainda de acordo com a Prefeitura de Miguel Pereira, após a morte dela, os parentes mais próximos ficaram em isolamento domiciliar, seguindo as orientações do Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde. O nome da vítima não foi divulgado.