Patrimônio de Cannes, Catherine Deneuve se mostra emocionada por voltar ao festival após derrame

·1 minuto de leitura

CANNES, França (Reuters) - A atriz Catherine Deneuve, que desfila pelo tapete vermelho de Cannes desde os anos 1960, disse neste domingo que nunca ficou tão emocionada como agora ao retornar ao festival de cinema após a pandemia de coronavírus e o derrame que ela sofreu em 2019.

A atriz de 77 anos é um pilar do cinema francês e ainda aparece em vários filmes. Usando um vestido de veludo preto e um colar de ouro, Deneuve retornou a Cannes no sábado para a estreia de "De son vivant", da diretora francesa Emmanuelle Bercot e que está sendo exibido fora da competição principal.

Deneuve e a equipe foram ovacionados de pé, comovendo visivelmente a atriz. Ela raramente aparece em público depois que a pandemia obrigou os eventos a mudarem para a internet e os organizadores do festival de Cannes a cancelar a edição de 2020.

"Foi absolutamente extraordinário. Até o último minuto, estávamos nos perguntando se isso tudo iria realmente acontecer", disse Deneuve em entrevista coletiva para falar sobre o filme.

"Conheço Cannes há muito tempo. Cada vez é algo diferente. Mas acho que talvez nunca tenha ficado tão emocionada como ontem à noite, quando entrei no teatro e vi a forma como o público recebeu o filme e me recebeu."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos