Patricia Abravanel e a ‘Máquina da Infâmia’

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A apresentadora durante seu programa, ‘Máquina da Fama’ (Divulgação)

Patricia Abravanel, a filha se Silvio Santos, protagoniza duas notícias nesta segunda-feira. A primeira tem a ver com certo fuzuê causado por declaração feita por ela no programa do pai no domingo (8). Discorrendo sobre opção sexual, a moça declarou, entre outras “platitudes”, não ser contra o “homossexualismo” (observação: o correto, segundo movimentos militantes, é homossexualidade), mas se declarava contra “falar que é normal”. O famoso “Não sou preconceituoso, mas…”

A segunda notícia envolvendo Patricia dá conta que seu programa, ‘Máquina da Fama’, ficou pelo quinto mês consecutivo na vice-liderança na média mensal de audiência do Ibope nacional. Segundo o instituto de aferição, a atração comandada por Patricia marcou 5 pontos contra 4,4 do programa da Xuxa, na Record. Quer dizer, a filha de seu Silvio conseguiu dar uma bola fora e outra dentro, respectivamente.

Sobre a bola fora: Patricia é evangélica e, como tal, expressa a respeito de sexualidade, opções sexuais e quejandos da mesma alçada uma opinião conservadora (e a julgar pelo o que assistimos na TV aos domingos, bem mais conservadora que a do pai). Ter opinião conservadora é um direito dela, como é direito meu achar que cada um faz da sua vida o que quer. A questão é que Patricia acabou irritando muita gente, o que ficou óbvio nos comentários pelas redes sociais.

Uma das que manifestaram sua indignação foi Luana Piovani. Ao seu habitual estilo “dois pés no peito”, Luana afirmou que Patricia “deu um show de homofobia” e taxou-a de ridícula (veja notícia completa nos links abaixo). Não chegou a ser um “show de homofobia”, como disse Luana – nesse quesito quem dá show mesmo é Jair Bolsonaro –, mas é fato que Patricia mandou muito mal e poderia nos ter poupado dessa.

Veja também:

Luana Piovani defende gays na web e ataca Patrícia Abravanel: ‘Ridícula’

Polêmica! Patrícia Abravanel sobre união gay: ‘Sou contra falar que é normal’

Enquanto isso, Patricia não para de publicar em seu Twitter notícias sobre as consecutivas surras que aplica em Xuxa. O curioso nessa história é que Xuxa, diferentemente de Patricia, pode ser qualificada de vários adjetivos, mas certamente não se pode acusa-la de homofobia. Xuxa, aliás, deu um exemplo de bom humor na última semana ao protagonizar um quadro do ‘Porta dos Fundos’ que satirizava seu próprio programa. Rir de si próprio é uma prova de amadurecimento. Ou seja, dois pontos para a loira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos