Pastor Valdemiro ataca Lula por “feijão contra Covid-19”: “Oposição a Deus e desprovido de inteligência”

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Valdemiro Santiago foi investigado por vender feijões que curam coronavírus - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Valdemiro Santiago foi investigado por vender feijões que curam coronavírus - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, Pastor Valdemiro atacou Luiz Inácio Lula da Silva em vídeo publicado no último domingo. Revoltado com o posicionamento do petista sobre a atuação das igrejas neste momento de pandemia, o religioso chegou a ofender o ex-presidente e o acusou de fazer “oposição a Deus”.

"Muitas mortes poderiam ser evitadas. O papel das igrejas é ajudar, não vender grão de feijão ou fazer culto cheio de pessoas sem máscaras dizendo que tem o remédio para curar", disse Lula em seu discurso na última quarta-feira.

Leia também:

A declaração se referia a um vídeo publicado por Valdemiro em maio do ano passado, em que o pastor relatava o suposto benefício de uma planta para cura da Covid-19. Ele chegou a pedir “propósito de R$ 1 mil” por ela e acabou investigado pelo Ministério Público Federal (MPF), que cobrou indenização de R$ 300 mil por divulgação de falsa cura para a doença.

Por mais que Lula não tenha citado nominalmente o religioso, Valdemiro revoltou-se com a fala do ex-presidente e não poupou críticas. “Eu tenho Deus na minha vida, o senhor não tem. Pelo contrário, o senhor é oposição a Deus, é desprovido de inteligência e sabedoria”, declarou.

O pastor acusou, ainda, o petista de ser “desonesto” e ter “desviado bilhões” enquanto estava na presidência. Por fim, alegou que Lula chegou a contatá-lo em busca de apoio em 2011, quando lutava contra o câncer na laringe.

“O senhor pensa que eu esqueço do dia em que você pegou um telefone e me ligou, falando que o câncer estava comendo sua garganta? Eu orei pelo senhor no telefone. Quando o médico disse que era irreversível… Você pensa que não lembro disso? A sua arte é enganar”, afirmou.