Passar mais tempo com nossas mães faz com que elas vivam mais, diz estudo

Divulgação/Universal Pictures

Toda mãe quer ter para sempre seus filhos por perto e segundo a ciência, isso faz com que elas vivam mais. Pesquisadores da Universidade da Califórnia descobriram que a solidão tem parte fundamental na longevidade.

Leia mais: Filhas com mães mandonas tendem a ser mais bem-sucedidas, diz estudo

O estudo analisou 1,600 adultos com idade média de 71 anos e mesmo com fatores socioeconômicos e de saúde controlados, a solidão influenciou diretamente o índice de mortalidade.

Cerca de 23% dos participantes faleceram ao longo de seis anos de pesquisa e 14% relataram manter relações próximas com seus familiares. “São necessidades que temos a vida inteira e nunca desaparecem, como pessoas que nos conhecem, nos valoriza e nos traz alegria”, disse a assistente social Barbara Moscowitz ao New York Times.

Para os idosos isso é ainda mais intenso do que para crianças e jovens, o que faz com que eles tenham uma maneira mais intensa de valorizar quem é importante. “Eles são tolerantes com imperfeições e especificidades, mais do que adultos jovens. Você traz muito mais experiência para suas amizades quando é mais velho. Você sabe pelo que é importante lutar e o que não é”, explica a professora de desenvolvimento humano, Rosemary Blieszner.

Leia mais: Mãe grava vídeo emocionante para o filho antes de entrega-lo para adoção

Além de estar mais presente na rotina de pessoas com mais idade em nossa família, é importante incentivá-las a construírem relações. Por isso que, apesar do que acredita a maioria, os idosos ficam melhores em ambientes assistidos, como casas de repouso. Isso faz com que eles se misturem e se conectem com os outros para progredir.

E não é só eles que saem ganhando quando passamos mais tempo juntos, mas nós mesmos experimentamos diversos benefícios. Conselhos, carinho e muita experiência de vida são alguns dos pontos inegáveis quando estamos na companhia de alguém mais velho. Então não deixe de se fazer presente sempre que puder.