Páscoa: preço do chocolate pode variar mais de 94%, alerta Procon-SP

Redação Finanças
·2 minuto de leitura
Procon-SP encontra diferença de até 91% nos preços de ovos de Páscoa
Procon-SP encontra diferença de até 91% nos preços de ovos de Páscoa
  • Procon-SP pesquisou preços de 96 produtos para Páscoa, em nove sites diferentes

  • Variação de um tablete de chocolate chegou a 94,19%

  • Uma caixa de bombom teve diferença de 81,51% entre uma loja e outra, R$ 21,33 mais cara

Uma pesquisa divulgada pela Fundação Procon-SP na última quarta-feira (17) mostrou uma diferença de até 94,19% em preços de chocolates vendidos em supermercados. O levantamento teve como alvo produtos para Páscoa, como caixas de bombons, ovos de páscoa e barras de chocolates de várias marcas.

Foi ao pesquisar os preços do tablete de chocolate Alpino de 90 gramas da Nestlé que o Procon-SP encontrou os 94,19% de diferença. Em um local, o produto custava R$ 4,99 e em outro custava R$ 9,69. Com a diferença de R$ 4,70, quase dava para comprar outro no primeiro estabelecimento. 

Na vez das caixas de bombons, o valor da caixa de Ferrero Rocher com 12 unidades variou 81,51%. Uma loja vendia o produto por R$ 26,17 e outra por R$ 47,50. São R$ 21,33 a mais.

Ao checar os ovos de páscoa, o valor do Ferrero Rocher de 225 gramas variou 50,48%, entre R$ 59,80 e R$ 89,99. Desta vez, são R$ 30,19 a mais.

Queda no preço do ovo de páscoa

Houve, em média, um aumento no preço médio dos tabletes de 7,38% e dos bombons 7,38%. Os ovos de páscoa, no entanto, tiveram uma queda de 2,05%. 

Entre 24, 25 e 26 de fevereiro, o Procon-SP pesquisou 96 itens, entre caixas de bombons, ovos de páscoa e tabletes de chocolates em nove sites. Segundo a fundação, apenas foram comparados produtos encontrados em, no mínimo, três das lojas visitadas.

Apesar do aumento no preço de tabletes e bombons, ovos de páscoa tiveram que de 2,05%
Apesar do aumento no preço de tabletes e bombons, ovos de páscoa tiveram que de 2,05%

Orientações

O Procon-SP orienta que os consumidores comparem os preços, tanto em lojas virtuais como física. Nos estabelecimentos online, também é importante comparar o valor do frete.

A atenção para o quesitos qualidade, peso líquido do produto, composição e prazo de validade também deve ser redobrada.