Parentes de vítima de Jeff Dahmer comentam série da Netflix: "traumatizante"

A série da Netflix sobre o assassino Jeffrey Dahmer está repercurtindo na internet. Intitulada Dahmer: Um Canibal Americano, a produção tem recebido vários comentários a respeito da sua trama pesada e rica em detalhes.

Um desses comentários é de Eric Perry, primo da vítima Errol Lindsey, que afirmou que a produção está sendo "traumatizante".

“Não estou dizendo a ninguém o que assistir, eu sei que a mídia de true crime é enorme [agora], mas se você está realmente curioso sobre as vítimas, minha família (os Isbell) estão chateados com este show. Está “retraumatizando” a gente, e para quê? De quantos filmes/programas/documentários precisamos?”

Ele ainda completou dizendo que a Netflix nunca notificou ninguém da família que faria uma produção a respeito do assunto, uma vez que o caso é registro público: "É tudo registro público, então eles não precisam notificar (ou pagar!) ninguém. Minha família descobriu quando todo mundo descobriu”.

Além de Eric, Rita Isbell (irmã de Errol), também disse que nunca foi contatada pela Netflix e que a empresa deveria ter perguntado como ela e sua família se sentiam sobre o tema.

Dahmer: Um Canibal Americano está entre as séries mais assistidas da Netflix, mas vem recebendo críticas da família de uma das vítimas. (Imagem:Reprodução/Netflix)
Dahmer: Um Canibal Americano está entre as séries mais assistidas da Netflix, mas vem recebendo críticas da família de uma das vítimas. (Imagem:Reprodução/Netflix)

Um dos vídeos que mais repercurtiu foi uma comparação entre o depoimento dela em 1992 e a encenação feita pela Netflix. A semelhança entre Rita e a atriz que a interpreta também chama atenção.

Quem foi Jeff Dahmer?

Um dos assassinos mais conhecidos dos Estados Unidos, Jeff foi um psicopata que violentou e matou 17 pessoas entre os anos de 1978 e 1991. Suas vítimas eram homens e meninos homossexuais, e seu modo de matar era por meio do estrangulamento.

Antes de matar suas vítimas, Dahmer as violentava sexualmente. (Imagem:Reprodução/Netflix)
Antes de matar suas vítimas, Dahmer as violentava sexualmente. (Imagem:Reprodução/Netflix)

Apesar de deixar rastros e de ser denunciado algumas vezes, Dahmer custou a ser preso e tal fato foi favorecido pela negligência policial. Quando finalmente foi condenado, recebeu pena de prisão perpétua e morreu na penitenciária em 1994, vítima de Christopher Scarver, um presidiário que o matou com uma barra de ferro.

Outras produções sobre a vida de Jeff Dahmer

Esta não é a primeira vez que a vida de Dahmer ganha às telas. A história do assassino já foi retratada em outras produções, como no filme Dahmer de 2002, dirigido por David Jacobson; e no longa My Friend Dahmer de 2017, cujo protagonista foi interpretado por Ross Lynch (O Mundo Sombrio de Sabrina).

Já a produção original da Netflix foi dirigida por Ryan Murphy (American Horror Story) e estrelada por Evan Peters (X-Men Apocalipse). Até o momento, a empresa não se pronunciou sobre o caso e não entrou em contato com a família de Isbell.

Você pode assistir Dahmer: Um Canibal Americano na Netflix.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: