Para evitar feminicídio, polícia prende homem que agrediu ex

Suspeito foi preso na última quarta-feira (22). Foto: Pixabay

A Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso prendeu preventivamente, nesta quarta-feira (22), um homem que agrediu a namorada com golpes de chave de fenda. Segundo as autoridades, a medida foi tomada para evitar um possível feminicídio.

De acordo com as investigações, o suspeito já tinha agredido a mulher durante o mês de dezembro de 2019. Os dois conviveram durante cinco anos, mas terminaram a relação. Antes das novas agressões, o homem estava preso.

Porém, logo que saiu da cadeia ele rompeu a sua tornozeleira eletrônica para poder agredir a ex-companheira novamente, mesmo estando ciente das medidas protetivas. Então, no dia 10 de janeiro deste ano, ele cometeu o novo crime.

Leia também:

Com o argumento de que não aceitava o fim do relacionamento com a vítima, o homem pulou o muro da casa em que a mulher estava, no bairro Parque do Lago, em Várzea Grande e começou as agressões.

A ex-companheira do homem foi atingida com diversos golpes de chave de fenda na região da barriga, das costas, da nuca, do tórax e do rosto. Segundo informações divulgadas pela polícia, enquanto cometia as agressões, o suspeito xingava e ameaça a vítima de morte.

Depois de cometer o crime, ele foi embora do local e voltou a passar em frente a casa onde tudo aconteceu para apontar uma arma em direção à vítima. De acordo com as autoridades, ele dizia que iria matar a mulher.

Para evitar que a vítima fosse morta pelo homem, foi pedida a prisão preventiva do suspeito. A ordem judicial foi cumprida na cidade de Cáceres e ele voltou para a prisão no último dia 22.