Paolla Oliveira é vítima de fake news sobre Bolsonaro: "Intimidando quem é contra o governo"

·2 minuto de leitura
Paolla Oliveira (Reprodução Instagram)
Paolla Oliveira (Reprodução Instagram)

Paolla Oliveira usou seu Twitter para conversar com o público sobre uma fake news envolvendo seu nome e o do presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido). A atriz se pronunciou após ver uma notícia falsa com o título "Paolla Oliveira diz que a prostituição será a única forma de sobrevivência das atrizes da Globo caso Bolsonaro seja reeleito".

"Está circulando uma MENTIRA (famosa FAKE NEWS) por aí, de um site que eu nunca ouvi falar, sendo compartilhada sobre uma suposta declaração que eu NUNCA DEI à revista Caras. Nunca existiu", explicou Paolla, que afirmou que as fake news são uma forma de silenciar qualquer crítica ao governo de Jair Bolsonaro.

Leia também

"Mais uma narrativa tentando intimidar quem se posiciona ou se opõe a esse governo. Dessa vez fui eu a vítima. Sempre tive compromisso com a verdade e não vai ser agora que meu nome estará envolvido em notícias falsas (fake news)!", completou.

Paolla sempre foi crítica ao governo do presidente, e recentemente criticou uma fala de Bolsonaro aconselhando a população a parar de comprar feijão e gastar em armamentos. "É idiota quem compra feijão. Tem que todo mundo comprar fuzil", disparou Bolsonaro. No Twitter, Paolla rebateu: "Que tipo de liderança é essa que prefere ver a população armada à alimentada. Na verdade sabemos bem que tipo de liderança é essa".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos