Paloma Bernardi celebra retorno de personagens de "Salve Jorge" na Globo

Paloma Bernardi fez
Paloma Bernardi fez "Salve Jorge" (Foto: Victor Chapetta/AgNews e Raphael Dias/Globo)

Paloma Bernardi está feliz com o retorno de Helô (Giovanna Antonelli) e Stênio (Alexandre Nero), personagens de "Salve Jorge (2012), para o horário nobre da Globo em "Travessia". A atriz, que começa a gravar neste fim de semana a novela "Reis", na Record, fez parte do elenco de "Salve Jorge" e acredita que a volta dos protagonistas depois de 10 anos só prova que a trama cumpriu seu papel e fez sucesso na época.

"Fiquei muito feliz com esses personagens voltando. É sinal que deu certo, que a novela foi boa", diz ela, que vê "Salve Jorge" como um dos principais trabalhos da sua carreira e tem muita gratidão pela autora Gloria Perez.

"Foi uma virada de chave para mim, de como o público e a própria classe artística me via, porque até então eu vinha fazendo personagens de mocinha, boazinha. Em 'Salve Jorge' fiz minha primeira vilã com uma pitadinha sensual", recorda em entrevista ao Yahoo.

Na trama, Paloma interpretava a prostituta Rosângela, que foi seduzida pela organização do tráfico de mulheres com a promessa de uma remuneração melhor para a prostituição no exterior. Deslumbrada com o dinheiro, ela se tornou uma aliciadora e ficou fechada com os traficantes.

Por que os personagens voltaram?

Nesta quarta-feira (21), a autora Gloria Perez conversou com a imprensa e explicou como teve a ideia de voltar com alguns personagens de "Salve Jorge" em "Travessia". Segundo ela, Helô e Stênio surgiram fortes em sua memória quando percebeu que precisaria de uma delegada e um advogado para "Travessia", já que a novela abordará crimes virtuais.

"O público não esqueceu e está sempre pedindo eles de volta. Nessa novela, eles cabiam perfeitamente porque nós vamos falar de internet. A Helô é uma delegada, nós precisávamos de um advogado também. Por que não trazer esse casal que ficou tão icônico nas redes?", diz ela.

Antenada, Gloria explica que passou os últimos dez anos analisando o quanto o fã-clube de Helô e Stênio é ativo nas redes sociais. Somando isso ao fato de precisar de personagens com as mesmas característica, a autora resolveu atender os fãs.

"O público guardou muito no coração esses personagens, a ponto de passar dez anos falando neles! De vez em quando tem campanha no Twitter pedindo a volta de Stênio e Dona Helô. Tem até o nome 'Steloísa', que é a maneira que shipam o casal. Como tinha essa nostalgia, achei legal trazer de novo", reforça.