Palmeiras fica perto de acordo com PAOK por português Abel Ferreira

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Abel Ferreira está na segunda temporada à frente do PAOK (Nicolas Economou/Getty Images)
Abel Ferreira está na segunda temporada à frente do PAOK (Nicolas Economou/Getty Images)

O Palmeiras desistiu dos técnicos argentinos e tem novo alvo: o português Abel Ferreira, que eliminou recentemente o Benfica de Jorge Jesus da Liga dos Campeões. Ferreira tem 41 anos e dirige o PAOK, da Grécia. O Blog apurou que o português se interessou pelo convite e só um ponto ainda trava sua contratação: a multa rescisória.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

No contrato entre Abel e PAOK, definiu-se o valor de 7 milhões de euros em caso de demissão ou saída por opção do português, conforme revelou o jornalista Leandro Quesada. Depois da primeira consulta ao clube grego, o Palmeiras já foi avisado de que há negócio em caso de depósito de 6 milhões de euros ou R$ 40,4 milhões.

Leia também:

Tal valor representaria o maior investimento da história alviverde, superando os R$ 33 milhões por Borja e os R$ 28 milhões por Rony.

O Palmeiras ofereceu cerca de 2 milhões de euros ao PAOK e aposta que possa existir acordo por até 2,5 milhões de euros. A proposta salarial alviverde é de 1,5 milhão de euros por temporada.

Abel surgiu como técnico na base do Sporting e fez excelente trabalho no Braga. Com jogadores lanlados por ele, o Braga faturou 62,5 milhões de euros. Foi sob seu comando que o clube português alcançou seu recorde de pontos na história do campeonato nacional: 75. Abel ainda estabeleceu o recorde braguista de gols numa temporada (101) e de vitórias (33).

Para completar, o jovem treinador também se tornou responsável pela terceira rescisão mais cara do futebol português: o PAOK desembolsou 2,5 milhões de euros para tirá-lo do Braga.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos