Palácio de Buckingham reativa troca da guarda depois de 18 meses

·1 minuto de leitura
Troca de Guarda no Palácio de Buckingham, em Londres

LONDRES (Reuters) - A famosa cerimônia da "Troca da Guarda" do Palácio de Buckingham, da rainha Elizabeth, voltou nesta segunda-feira em Londres, depois de uma pausa de 18 meses.

Na cerimônia colorida, a Guarda da Rainha transfere a responsabilidade de proteger o Palácio de Buckingham e o Palácio de St James à Nova Guarda, o que costuma envolver um desfile de soldados em túnicas escarlates e chapéus de pele de urso com uma banda do Exército no centro da capital inglesa.

Membros do 1º Batalhão do Coldstream Guards realizaram a primeira troca da guarda desde março de 2020, quando a tradição, que costuma atrair um número grande de turistas foi suspensa para evitar aglomerações, parte das medidas para conter a disseminação da Covid-19.

Entre as músicas interpretadas pela banda do Exército para entreter os espectadores esteve "Gold", do Spandau Ballet, um de vários números tocados em homenagem aos medalhistas olímpicos britânicos.

Mas a rainha não estava no palácio para assistir, já que se encontra em sua residência de verão escocesa de Balmoral.

A retomada da cerimônia nesta segunda-feira vem depois de uma semelhante realizada no Castelo de Windsor, o lar da rainha no oeste de Londres, também voltar a ocorrer desde o mês passado.

(Por Michael Holden)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos