Painitto briga com Leo Dias e tem passado exposto

Foto: Reprodução/Instagram (@anitta/@leodias)

Após o resultado do exame de DNA que confirmou que Anitta tem um irmão mais velho, por parte de pai, o colunista Leo Dias publicou que o rapaz teria sido fruto de uma traição. Mauro Machado, mais conhecido como Painitto, não gostou do comentário e fez duras críticas ao autor do livro ‘Furacão Anitta’.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Nos Stories, Mauro chamou Léo de idiota e debochou do jornalista por ser dependente químico. Leo Dias, que apurou muitas informações para escrever o livro de Anitta, não deixou barato. Ele expôs informações sobre o passado de Mauro, contou que o empresário era um pai ausente e deu a entender que Painitto só pensa em se aproveitar da fama da filha.

Leia também:

No início do texto, Leo afirma que entrevistou Miriam, mãe de Anitta, e soube que ela criou a poderosa sozinha. No dia do parto, inclusive, o pai não esteve presente. Para completar, quando a cantora completou 3 anos, ele teria abandonado a família de vez.

“Pagava pensão, mas não se fazia presente. Algumas vezes, quando dizia que ia buscar as crianças no Rio, não ia. Quando as crianças ficavam alguns finais de semana em São Pedro da Aldeia, Dona Miriam se preocupava bastante em quem iria cuidar deles. Isso porque o Painitto raramente ficava com eles (os filhos)”, expôs o jornalista.

Leo também fez questão de dizer que Mauro Machado não apoiou a cantora a seguir carreira na música, pois queria que a filha continuasse trabalhando em uma empresa. O colunista explicou que só não incluiu tudo isso em seu livro porque atendeu um pedido de Renan, irmão de Anitta.

“Ele me pediu para ‘aliviar’ um pouco a imagem do pai. Que tudo era verdade, mas que eu poderia omitir alguns fatos. Tudo isso está gravado no áudio da entrevista de Dona miriam, que ficou anos sem falar com Mauro”, justificou.

Antes de finalizar o post, Leo pediu desculpa aos familiares da cantora e afirmou que o irmão e a mãe de Anitta sempre o trataram bem e nunca tentaram aparecer às custas dela. “Não queria chegar a esse ponto. Mas queria salientar também que não fui eu que comecei”, garantiu.