Pai de filha de Pocah se revolta com ataques racistas: "Vitória tem família, estamos de olho"

Em uma série de stories publicados nesta segunda-feira (19), MC Roba Cena, pai da filha de Pocah, se pronunciou após os ataques racistas que a filha recebeu. Os depoimentos criminosos começaram após Pocah se desentender com Juliette no 'BBB21'.

"O ponto que o ser humano chegou, uma briga de jogo querendo envolver uma criança de cinco anos, palavras racistas, o que minha filha tem a ver com isso? Vamos ter mais amor pelo próximo, vamos botar Deus na frente. O que é do jogo, fica no jogo. Isso é briga de adulto. O que uma menina de cinco anos tem a ver? A Vitória tem família, estamos de olho", afirmou o MC.

Leia também:

A equipe de Pocah também se pronunciou a respeito dos ataques sofridos por Vitória, de cinco anos. “É louco pensar que essas mensagens, direcionadas a uma criança de 5 anos, são motivadas exclusivamente porque a mãe dela resolveu... votar em um jogo de votação, né? O que está acontecendo no mundo? O que está acontecendo com as pessoas? Somos realmente da mesma espécie?”, questiona a página da artista.

O perfil de Juliette, administrado por uma equipe próxima à maquiadora, também se posicionou na mesma rede social repudiando os atos.

“Papo rapidinho aqui: reta final, 15 dias pro fim do BBB. Veremos de tudo. Mas continuaremos sem aceitar ver, e repudiando veementemente, qualquer ataque que incite ódio ou seja CRIME. Isso é um jogo, existem limites. Atacar a filha de Pocah é um absurdo”, publicaram.