Pai de Britney Spears diz que 'tribunal errou' em afastá-lo da tutela

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·6 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, BRASIL, 18-11-2011, Show Britney Spears em São Paulo. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, BRASIL, 18-11-2011, Show Britney Spears em São Paulo. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O pai da cantora Britney Spears, 39, Jamie Spears, se pronunciou após ter sido afastado da tutela da cantora através de uma decisão judicial nesta quarta-feira (29). Segundo o site Variety, ele emitiu uma nota junto de sua equipe de advogados.

"Sr. Spears ama sua filha Britney incondicionalmente. Por 13 anos, ele tentou fazer o que era melhor para ela, seja como tutor ou como pai. Isso começou com a concordância em servir como seu tutor quando ela voluntariamente optou por esta opção", começou o comunicado.

"Isso incluiu ajudá-la a reviver sua carreira e restabelecer um relacionamento com seus filhos. Quem já tentou ajudar um membro da família a lidar com problemas de saúde mental, pode apreciar a enorme quantidade de preocupação diária e trabalho que isso exige", continua o texto assinado por Vivan Thoreen.

"Para Spears, isso também significava morder a língua e não responder a todos os ataques falsos, especulativos e infundados a ele por parte de certos membros do público, da mídia ou, mais recentemente, do próprio advogado de Britney", continuou.

"Esses fatos tornam o resultado da audiência de ontem ainda mais decepcionante e, francamente, uma perda para Britney. Respeitosamente, o tribunal errou ao suspender o Sr. Spears, e colocar um estranho em seu lugar para administrar a sua propriedade e estender a mesma tutela que Britney implorou ao tribunal para ser encerrada."

O texto segue dizendo que Jamie teve a iniciativa de arquivar a petição para encerrar a tutela, mesmo os advogados da cantora não tomando a atitude. "Foi o Sr. Spears quem pediu ao tribunal na audiência de ontem para encerrar imediatamente a tutela, enquanto o atual advogado de Britney argumentou contra ela", pontua.

"Apesar da suspensão, o Sr. Spears continuará a zelar pelos melhores interesses de sua filha e a trabalhar de boa fé para uma resolução positiva de todas as questões", concluiu o texto.

ENTENDA O CASO

Jamie havia anunciado que desistiria de ser tutor da filha, mas isso só seria concretizado na audiência sobre o caso marcada para janeiro de 2022. Os advogados de Britney haviam pedido para acelerar esse processo --no que foram atendidos.

Entre os motivos que foram alegados na petição estava a vontade da cantora de se casar com o noivo, Sam Asghari. Ela não poderia assinar o acordo pré-nupcial sem a anuência do pai.

Até a próxima audiência, a fortuna da cantora segue sob a tutela de um contador, John Zabel, indicado pela Corte. Ele vai dar a palavra final com relação às decisões financeiras relacionadas ao patrimônio de Britney (avaliado em US$ 60 milhões, cerca de R$ 325 milhões).

Já Jodi Montgomery, que é responsável por assuntos pessoais e decisões médicas, também continua no cargo. Ela é uma tutora profissional, também indicada pela Justiça.

A decisão final sobre o encerramento da tutela ainda não foi tomada. O advogado de Britney, Mathew Rosengart, sugeriu que uma audiência para tratar do assunto seja marcada nos próximos 45 dias, de modo que a cantora poderia estar totalmente livre em outubro ou novembro.

Rosengart afirmou no tribunal que Britney estava de acordo com o que foi proposta pela juíza. Já Vivian Thoreen, advogada do pai da cantora, se opôs fortemente à suspensão e, segundo a imprensa americana, chamou Zabel de "estranho" no caso.

Esse é um dos capítulos mais importantes na novela sobre a tutela da cantora, que há 13 anos vem gerando manchetes nos tabloides do mundo todo. Só nos últimos meses, a cantora ganhou a permissão de contratar o próprio advogado, bem como deu um depoimento emocionado à Justiça sobre a tutela.

"Eu realmente acredito que essa tutela é abusiva", disse ela na ocasião. "Não sinto que posso viver uma vida plena."

Britney disse ainda ao tribunal que deseja ter mais filhos, mas foi impedida de fazê-lo. "Eu tenho um DIU em meu corpo agora que não me deixa ter um bebê e não me deixam ir ao médico para retirá-lo", revelou. "Eu quero poder me casar e ter um filho. Disseram-me com a tutela que eu não era capaz de me casar e ter um filho".

Também foram ganhando força as manifestações de fãs, que há anos usam a hashtag #FreeBritney para pedir que a cantora seja liberada da tutela. Muitos faziam vigílias em frente ao tribunal sempre que havia audiências sobre o caso, mesmo que Britney não estivesse presente.

Documentários como "Framing Britney Spears" também levaram a mais discussões sobre a questão da tutela da cantora. O arranjo jurídico é projetado para ser um último recurso necessário para proteger pessoas consideradas incapazes de cuidar de si próprias.

Britney vive sob tutela desde 2008, após uma série de internações psiquiátricas e colapsos públicos que foram registrados por paparazzi. Jamie foi nomeado o principal conservadora de Britney em fevereiro daquele ano. Ele compartilhou o papel com um advogado, Andrew Wallet, por muitos anos.

Wallet renunciou ao caso em março de 2019, e Jamie temporariamente deixou a tutela em setembro devido a sua saúde debilitada. Jodi Montgomery tem substituído Jamie desde então, mas o pai da cantora continuou responsável pelo patrimônio dela.

*

CONFIRA OS PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS DA VIDA DE BRITNEY SPEARS

1992 - Escalada para o programa de televisão "The Mickey Mouse Club" com Justin Timberlake, Christina Aguilera e Ryan Gosling.

1997 - Assina um contrato de gravação com 15 anos.

1998 - Lança o primeiro single, "... Baby One More Time", que lidera a parada Billboard Hot 100 durante duas semanas. No ano seguinte, seu disco de estreia homônimo lidera as paradas em 15 países.

2000 - O segundo disco de estúdio, "Oops!... I Did It Again", bate recordes. Britney confirma estar namorando Justin Timberlake.

2002 - Britney estrela seu primeiro filme, "Crossroads: Amigas para Sempre." Seu relacionamento com Timberlake termina.

2004 - Casa-se com o amigo de infância Jason Alexander, e o casamento é anulado três dias depois. Nove meses mais tarde, casa-se com o dançarino Kevin Federline.

2007 - Britney entra e sai de clínicas de desintoxicação duas vezes em questão de dias, raspa a cabeça e volta a se internar.

2008 - A cantora é hospitalizada duas vezes na ala psiquiátrica e é sujeita a uma tutela por meio da qual seu pai e um advogado assumem o controle de seus assuntos pessoais e comerciais.

2013 - Inicia um período de dois anos de apresentações em Las Vegas que é renovado por mais dois anos.

2019 - Anuncia um "hiato de trabalho por tempo indeterminado e se interna em uma clínica de saúde mental".

Abril de 2021 - Por meio do advogado, Britney pede para se dirigir pessoalmente à corte encarregada de sua tutela.

23 de junho de 2021 - Tem audiência virtual marcada com o tribunal.

12 de agosto de 2021 - O pai da cantora desiste de ser tutor e quer trabalhar para uma transição de cargo.

29 de agosto de 2021 - Juíza decide antecipar a saída do pai de Britney da função de tutor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos