Pague mais para jogar: Por que os preços dos games podem subir em 2023

Ultimamente, a indústria de videogames teve que enfrentar uma verdade difícil: os preços de hardware e software começaram a subir.

(Atenção: os preços no texto estão em dólar para mais fácil compreensão, já que o padrão da indústria leva em conta o preço de um game AAA por lá para basear os valores em outras regiões, como o Brasil)

No ano passado, empresas como a Ubisoft, Take-Two, Xbox e Sony anunciaram formalmente um aumento nos preços dos jogos de US$ 60 para US$ 70, e outras publishers AAA, como Activision Blizzard, EA, Square Enix e Warner Bros., com jogos como Call of Duty: Modern Warfare 2, Star Wars Jedi: Survivor, Final Fantasy 16 e Gotham Knights. Em hardware, o PlayStation 5 teve um aumento de preço no início deste ano em várias regiões.

Então, o que está acontecendo? Por que os preços começaram a subir? Continuarão subindo em 2023?

Resumindo, sim -- os aumentos nos preços dos jogos provavelmente vieram para ficar. Mas a resposta, como sempre, é um pouco mais complicada do que isso. Há muitos fatores conflitantes em questão, desde o histórico de preços do jogo até a inflação e o cenário geral dos games, onde os consumidores têm percepções muito diferentes sobre o valor de US$ 60 versus um preço de US$ 20.

Portanto, se você está preocupado com os aumentos de preços ou apenas quer saber um pouco mais sobre por que está pagando US$ 70 para Redfall, vale a pena saber um pouco mais sobre o cenário de preços dos jogos e o que esperar no próximo ano.

Espera, os p...

Pague mais para jogar: Por que os preços dos games podem subir em 2023
Leia Mais

10 games que completam 10 anos em 2023
10 games que completam 10 anos em 2023
Final Fantasy: Produtor promete grande anúncio da série em 2023